Spoiler: n√£o. Eticamente, √© injustific√°vel que propriedade seja confiscada mediante amea√ßa ou agress√£o, mesmo que para desenvolver pesquisa. Praxeologicamente, tecnologia, pesquisa e afins s√£o resultados de um processo de produ√ß√£o, e processos de produ√ß√£o devem ser orientados por um sistema de pre√ßos num livre mercado, ou seja, o financiamento estatal ir√° produzir m√° aloca√ß√£o de bens, assim como o estado √© incapaz de fazer os Correios ou a Petrobr√°s. E empiricamente? Este √© o argumento mais utilizado, mas n√£o √© capaz de provar nada, nem de prever nada, afinal a amostra envolvida √© √ļnica, e incompar√°vel. N√£o √© poss√≠vel saber se teria sido melhor ter um estado ou n√£o apenas por evid√™ncias. N√£o √© poss√≠vel calcular se estamos mais ricos ou mais pobres porque o estado financiou pesquisa com dinheiro roubado. Nem √© poss√≠vel argumentar que pesquisas n√£o seriam feitas sem financiamento estatal, j√° que n√£o √© poss√≠vel desenhar este modelo emp√≠rico ou se basear em evid√™ncias. O que existem s√£o opini√Ķes, e opini√Ķes apenas. E opini√Ķes n√£o justificam roubo. E sim, √© verdade que a internet, GPS, laser etc foram desenvolvidos a partir de gasto estatal. E isso quer dizer perfeitamente nada al√©m do fato de que isso aconteceu. E foi o mercado que as utilizou t√£o bem, n√£o o estado. Apoiadores! Foxbit, a maior corretora de Bitcoins no Brasil: http://www.foxbit.com.br Canal da FoxBit: https://www.youtube.com/channel/UC0F16q5QzJx7oIWoC5arEtg Dash! https://telegram.me/dashbrasil https://www.dash.org/ Instituto Mises Brasil: http://mises.org.br/ Quantum Atlas, invista seus Bitcoins! https://quantum.atlasproj.com/ Urbe.me - Investimento imobili√°rio descomplicado: https://urbe.me/ Seja um apoiador do canal! https://www.padrim.com.br/ideiasradicais Bitcoin: 1Kceqou4KDdmJNREAzvv9GD3JB2WbvohqJ Dash: XniH4xyvwSuw79BFLiDJmSa4hsK3rehNM2 Contatos: Fanpage: https://www.facebook.com/ideiasradicais Twitter: https://twitter.com/ideias_radicais Anuncios/Mech: contatoideiasradicais@gmail.com
0 comments
0 comments