Cordel Súplica da Mulher Autista

Súplica da Mulher Autista, escrito por Lucielys Magalhães, é uma leitura em forma de cordel cujo olhar nasce do interior de uma mulher autista. Recém-diagnosticada, a autora transforma as cicatrizes de uma vida inteira de incompreensão e deslocamento social em um material belíssimo e digno de ser lido por todas as mulheres e educadores do nosso país.

Este livro é a resposta que muitas de vocês, mulheres autista estavam procurando.

Este é o livro que vocês, profissionais da saúde e educação tem o dever de conhecer.

  • Vantagens
  • Detalhes

Lucielys Magalhães é natural de João Pessoa, Paraíba. É professora do Ensino Fundamental 1 da Rede Pública no município de Santa Rita/PB desde 2005. Atuou em vários projetos de incentivo a leitura e formação de professores. Especialista em Psicopedagogia. Casada com Ibson Magalhães, mãe de Ibrahim, João e Iana e eles não são fardos. Autista e TDAH com hiperfoco em estudar e escrever, descobriu que era autista quando começou a investigar o autismo do filho Ibrahim. Depois do diagnóstico, passou a olhar tudo com cautela, assim observando que João também está no espectro.

Conheça melhor quem criou o conteúdo

Lucielys Assunção COSTA Magalhães
3 Anos Hotmarter

Sou formada em Pedagogia pela UFPB, especialista em Psicopedagogia pela FACTED, Atuo na formação de Professores e como professora Alfabetizadora.

Ajudo a compreender o Autismo a partir das minhas vivências como autista e por ter dois filhos autistas.

Escrevo desde criança após serem apresentados os livros.

Amo a Literatura de Cordel por acreditar que as rimas entram na alma, trago temas importantes para todos profissionais da Saúde e Educação, pois o modelo que se é apresentado sobre autismo já está mais que ultrapassado.

No universo atípico pude enxergar muita gente desmotivado e sem muitos caminhos a seguir e com isso o intuito é de criar infoprodutos para ensinar as pessoas atípicas construirem um renda.

Perguntas Frequentes

O conteúdo deste produto não representa a opinião da Hotmart. Se você vir informações inadequadas, denuncie aqui