Exu de Trabalho

Imagem principal do produto Exu de Trabalho

Exu é um Orixá Africano conhecido como: Exu/Eshu/Bara/Elegbá/Elegbara. É o Orixá da comunicação e mantenedor do Axé. É ele quem deve ser oferendado em 1° lugar afim de assegurar que tudo ocorra bem durante os rituais e de garantir sua função de mensageiro entre Orum e o Aiye (mundo material e espiritual).

A Umbanda é a única religião que integrou os Senhores Exus para atuar dentro dos terreiros criando uma linha de trabalho específica.

Nesse curso vou te guiar e revelar os mistérios dessa Linha de Trabalho que é cheia de segredos e ensinamentos.

ConteúdoVantagensDetalhes
Conheça melhor quem criou o conteúdo
avatar image
Colégio Luz Dourada
4 Anos Hotmarter

A Yalorixá Monica Berezutchi é iniciada na angola pelo Vòdúnsì Raul Carlos e pela Yalorixá Zuleide Carlos, iniciada em Orumilá Ifá pelo Babá King, Taróloga, Maga Iniciadora de Magia Divina, Sacerdotisa de Umbanda formada pelo Mestre Rubens Saraceni.

Começou sua caminhada espiritual há mais de 30 anos, é dirigente Templo da Luz Dourada.

Ministra diversos cursos on-line e presencial através do Colégio Luz Dourada, entre eles o de Sacerdócio da Umbanda, Portal de Luz do Pai Obaluaiê (Autoria Própria), Doutrina e Cultura Umbandista, Desenvolvimento Mediúnico, Portal Ogum Xorokê, Magia do Fogo, Tarot de Marcelha, Baralho Cigano, Mediunidade na Umbanda, Exú e Pombagira de Trabalho, etc.

Desenvolve trabalhos sociais através da ONG Luz Dourada.

Por que comprar no Hotmart Marketplace?
Image Icon
Até 15 dias para pedir reembolso
Image Icon
Certificado de Conclusão Digital
Image Icon
Pagamentos seguros
Image Icon
Suporte Hotmart
Image Icon
Acesso em todos os dispositivos
Image Icon
Diversas formas de pagamento

Como vou acessar?

Ao comprar, o produto fica disponível na sua conta

Você acessa seu produto através de um link que enviamos ao seu email. Você também pode acessá-lo nesta página.

Perguntas Frequentes

O conteúdo deste produto não representa a opinião da Hotmart. Se você vir informações inadequadas, denuncie aqui