Grupo de Estudos Assim Falou Zaratustra (R$ 180,00 ao mês + Curso Bônus)

Grupo de estudos com o filósofo Luiz Fuganti sobre a obra Assim Falou Zaratustra, de Friedrich Nietzsche.

DURAÇÃO:

12 meses de curso.

MENSALIDADE:

R$180,00

ONDE:

São encontros ao vivo online.

COMO:

Os encontros são realizados pelo aplicativo ‘Zoom’ (que você baixa gratuitamente), recebendo acesso, ao adquirir o curso, à sala de videoconferência com diversos recursos interativos.

QUANDO:

As aulas acontecem semanalmente, às segundas-feiras, das 20:30 às 22hs.

O QUÊ:

Além da participação ao vivo por videoconferência nas salas virtuais, os alunos têm acesso à gravação de todos os encontros anteriores e mais os bônus oferecidos: ‘Além do Bem e do Mal’ - Carga horária 6 horas, ‘Nietzsche e o Ressentimento' - Carga horária 8 horas e 'Nietzsche e o Eterno Retorno' – Carga horária 40 horas.

PARA INGRESSAR:

Você pode fazer parte do curso através de pagamento com cartão de crédito, à vista ou parcelado. Se preferir, você também pode usar a opção de boleto bancário, para pagamento à vista.

  • Conteúdo
  • Vantagens
  • Detalhes
Conteúdo do curso (100% digital)

Conheça melhor quem criou o conteúdo

Escola Nômade de Filosofia
4 Anos Hotmarter | Perfil Best-Seller

A Escola Nômade de Filosofia funciona como um meio de agenciamento de movimentos de arte, cultura e pensamento que, desde 1998, vem promovendo ações focadas especialmente no pensamento afirmativo das diferenças, na descoberta, no cultivo e na experimentação das forças ativas que atravessam e constituem os homens.

Por que comprar no Hotmart Marketplace?

Até 7 dias para pedir reembolso

Pagamentos seguros

Suporte Hotmart

Acesso em todos os dispositivos

Diversas formas de pagamento

Como vou acessar?

Ao comprar, o produto fica disponível na sua conta

Você acessa seu produto através de um link que enviamos ao seu email. Você também pode acessá-lo nesta página.

Perguntas Frequentes

O conteúdo deste produto não representa a opinião da Hotmart. Se você vir informações inadequadas, denuncie aqui