Literaturas africanas: Paulina Chiziane

Paulina Chiziane nasceu em 1955, em Manjacaze, província de Gaza, Sul de Moçambique. Depois de publicar alguns contos na imprensa, estreou com A balada do amor ao vento (1990). Em 2003 recebeu o prêmio José Caveirinha, pelo livro "Niketche: uma história de poligamia". Em sua juventude foi grande entusiasta e ativista da revolução moçambicana liderada pela Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo). Atualmente, Chiziane tem debatido sobre a questão de resguardar a memória e história de Moçambique para evitar o que ela chama de "colonização das mentes".

Além de mergulharmos na história de Moçambique a partir da obra de Paulina Chiziane, o curso também vai traçar um breve panorama das revoluções africanas e seu legado. Bem com trazer alguns autores das Ciências Sociais que estão discutindo temas como as novas formas de colonização e o embate religioso: matriz africana e igrejas neopentecostais.

Sejam em obras literárias ou acadêmicas, temos acesso as culturas africanas, quase sempre, a partir da perspectiva ocidental. Em outras áreas da cultura não é diferente, por exemplo, no cinema e no jornalismo. Acontece que, geralmente estas narrativas são carregadas de vozes colonizadoras que acabam por silenciar e interpretar as histórias que, de fato, aconteceram e acontecem na África. Outro senso comum é que, geralmente quando se fala em África temos 3 símbolos: Aids, guerra e fome. É preciso romper com esta narrativa.

MÓDULO ÚNICO

Aula 1 - O Alegre canto da perdiz

- Colonialismo e teoria das raças

Aula 2 - Niketche: uma história de poligamia

- A mulher na sociedade moçambicana

- Narrativas coloniais sobre Moçambique

Aula 3 - Ventos do apocalipse

- Revolução e guerra em Moçambique

Aula 4 - Por quem vibram os tambores do além?

- Neocolonialismo e a chegada das religiões evangélicas em Moçambique

Ministrado por Marcelo Hailer.

  • Conteúdo
  • Vantagens
  • Detalhes
Conteúdo do curso (100% digital)

Conheça melhor quem criou o conteúdo

Revista Fórum - Educação
2 Anos Hotmarter

Plataforma de Educação da Revista Fórum. Teoria, prática, crítica e originalidade em um espaço para debater o Brasil, socializar conhecimento e transformar.

Inspirada no Fórum Social Mundial, a Fórum foi lançada com a cobertura do primeiro evento, realizado em janeiro de 2001 em Porto Alegre. Foi lá na Porto Alegre daqueles que sonhavam um outro mundo possível que a Fórum nasceu. Não é a publicação oficial do FSM, mas a revista traz no seu DNA a força dos movimentos e a certeza de que é na multiplicidade de vozes que se faz um mundo melhor.

O número zero foi lançado em abril daquele 2001 e, devido ao sucesso junto aos movimentos sociais brasileiros, tornou-se periódica ainda em setembro. Até dezembro de 2013, suas edições em papel tiveram circulação mensal de 20 a 25 mil exemplares e eram vendidas em banca. Desde janeiro de 2014, a Fórum é só digital.

Fórum traz, diariamente, matérias, reportagens e entrevistas que buscam uma visão de mundo diferente da presente nos grandes meios de comunicação tradicionais. Hoje é uma das maiores audiências no segmento jornalístico nacional.

Por que comprar no Hotmart Marketplace?

Até 30 dias para pedir reembolso

Certificado de Conclusão Digital

Pagamentos seguros

Suporte Hotmart

Acesso em todos os dispositivos

Diversas formas de pagamento

Como vou acessar?

Ao comprar, o produto fica disponível na sua conta

Você acessa seu produto através de um link que enviamos ao seu email. Você também pode acessá-lo nesta página.

Perguntas Frequentes

O conteúdo deste produto não representa a opinião da Hotmart. Se você vir informações inadequadas, denuncie aqui