Introdução à Psicologia Preta

Tendo como direção responder à questão "como curar a negritude dos efeitos do racismo?", o curso aborda as marcas da colonização na produção de conhecimento e na produção de subjetividade para em seguida, num diálogo com intelectuais negros do campo da saúde mental como Frantz Fanon, Wade Nobles, Neusa Santos Souza, dentre outros, apontar caminhos para o tratamento dos impactos do racismo na subjetividade negra.

O curso tem como referência a Black Psychology, vertente da Psicologia criada por psicólogos afro-americanos em meio a luta pelos direitos civis no final dos anos 1960/70.

Alguns dos conceitos abordados no curso são:

> Paradigma ético, estético e político da clínica.

> Colonização e descolonização do inconsciente.

> Subjetividade diaspórica e cura do auto-ódio.

> Aquilombamento e pulsão palmarina.

  • Conteúdo
  • Vantagens
  • Detalhes
Conteúdo do curso (100% digital)

Conheça melhor quem criou o conteúdo

Lucas Veiga
3 Anos Hotmarter

Psicólogo e Mestre em Psicologia pela Universidade Federal Fluminense. Pesquisa e escreve sobre questões raciais, anticoloniais e saúde mental da população negra. Tem palestrado sobre essas temáticas em universidades públicas (USP, UFRJ, UFF, UERJ, IFRJ, UNEB, UEFS, UFBA) e privadas (PUC, Estácio de Sá), bem como em outros espaços (SESC, Aparelha Luzia, Museu da República, Instituto Steve Biko). Dentre seus textos publicados encontram-se "Qual a cor da Psicologia no Brasil?" (Jornal do Brasil), "As diásporas da bixa preta: sobre ser negro e gay no Brasil" (Revista Tabuleiro de Letras, UNEB) e “Descolonizando a Psicologia: notas para uma Psicologia Preta” (Fractal). Desde maio de 2018 tem ministrado cursos sobre Psicologia Preta em várias cidades do país.

Por que comprar no Hotmart Marketplace?

Até 7 dias para pedir reembolso

Certificado de Conclusão Digital

Pagamentos seguros

Suporte Hotmart

Acesso em todos os dispositivos

Diversas formas de pagamento

Perguntas Frequentes

O conteúdo deste produto não representa a opinião da Hotmart. Se você vir informações inadequadas, denuncie aqui