Introdução à Teoria Musical Aplicada ao Acordeon - Apostila I

INTRODUÇÃO À TEORIA MUSICAL APLICADA AO ACORDEON - Apostila 1 - trata-se de um excelente material didático elaborado pelo Prof. Raul Sallenave, com dezenas de ilustrações coloridas e exclusivas, com a primorosa didática reconhecida por milhares de pessoas em seu canal. Um material indispensável aos estudantes de Acordeon por Música e, também, para os estudantes práticos que desejam entender melhor o funcionamento técnico desse maravilhoso instrumento. Material em PDF para impressão. Com apoio técnico gratuito no caso de dúvidas por parte do comprador. Essa Apostila 1 é o resultado de mais de 40 anos de experiência do professor no ensino da música. Ao contrário dos livros de teoria musical, esta Apostila 1 é bastante acessível a todos que não disponham da ajuda de um professor de música na região onde moram ou não tenham condições financeiras que custearem um curso regular de música ou professor particular.

  • Vantagens
  • Detalhes

Produto digital acessível a todos os interessados em começar ou ampliar seus conhecimentos de Teoria Musica;

Valor acessível para aquisição do mesmo

Apoio técnico gratuito no caso de dúvida dentro do conteúdo enviado.

Conheça melhor quem criou o conteúdo

Raul Sergio Araujo Sallenave
1 Ano Hotmarter

Este Módulo 1 é o mais importante de todos para aqueles que estão iniciando seus estudos do Acordeon. VOCÊ vai aprender PASSO A PASSO e de forma correta o emprego das mãos direita e esquerda separadamente. Pela minha nova didática para ensino a distância através de vídeo aulas e apostilas em arquivo PDF para impressão, VOCÊ vai aprender a tocar esse instrumento. Este Módulo 1 tem conteúdo para três meses de estudos, pouco mais ou pouco menos, dependendo do empenho e disciplina de cada aluno. VOCÊ terá ainda, na aquisição deste material, um APOIO TÉCNICO GRATUITO no caso de dúvidas dentro do conteúdo enviado.

Perguntas Frequentes

O conteúdo deste produto não representa a opinião da Hotmart. Se você vir informações inadequadas, denuncie aqui