Você sente o que Eu sinto?

E tudo começa com uma pergunta: Você sente o que eu sinto? A resposta seria dizer que todos sentimos as mesmas emoções, afinal, somos humanos. Mas aí vem a grande questão: será que essa premissa é verdadeira, quando esses sentimentos dizem respeito a indivíduos que entendem o mundo, as pessoas, as situações a sua volta com um olhar mais que especial?

Essa é a questão abordada neste livro, que revela o mundo, as pessoas e tudo a sua volta pela perspectiva de Leonardo Bertolli Kriger, um jovem com Síndrome de Asperger.

Com alegria e mergulhado em suas ainda tão tenras memórias, ele nos conta os momentos de superação de inúmeros desafios em um mundo repleto de sentimentos aparentemente tão seguros e tão definidos por todos, que não raras vezes mal compreendem – e compreendem mal – os sentimentos de alguém que percebe tudo de maneira tão especial.

São esses sentimentos de um prisma único que o Lê (como é chamado por aqueles que têm o privilégio de conviver com ele) divide conosco. São tristezas, frustrações, questionamentos, mas também muitas alegrias vividas em seu processo de fortalecimento de sua identidade pessoal.

Com um toque muito bem-humorado acerca de tudo o que viveu desde sua infância até o momento atual, Lê nos revela a grandiosidade da empatia e nos convida a pensar: será que eu sou mesmo capaz de sentir o que o outro sente?

Deise Alcântara das Flores - Revisora do livro

  • Vantagens
  • Detalhes

Fui diagnosticado com TEA( Transtorno do Espectro Autista) aos doze anos, com Altas Habilidades e Superdotação com 10 e depois confirmei-o aos 20. Com a confirmação dos diagnósticos, vieram questionamentos e incertezas à minha cabeça. Será que finalmente serei compreendido ou será que meus traumas e minhas inseguranças irão se acentuar? Tais questionamentos me importunaram por muito tempo e não me deixavam expressar minha verdadeira essência, integralmente.

Logo, após enfrentar um episódio traumático, este relatado no livro, descobri qual é meu propósito de vida. Transformar o mundo através da inclusão, da compreensão e da empatia.

Logo, realmente desejo mostrar para a sociedade que a única cura para pessoas com "problemas mentais" é a compreensão à individualidade, aliada ao amor e ao respeito.

Por isto, peço-lhes que reflitam sobre uma coisa, pais!

A vida é muito curta para forçar seu filho a ser quem ele não é, por medo da reação de pessoas que não te amam, com a intensidade que seu filho lhes ama!

Conheça melhor quem criou o conteúdo

Leonardo Bertolli Kriger
3 Anos Hotmarter

Por que comprar no Hotmart Marketplace?

Até 7 dias para pedir reembolso

Pagamentos seguros

Suporte Hotmart

Acesso em todos os dispositivos

Diversas formas de pagamento

Como vou acessar?

Ao comprar, o produto fica disponível na sua conta

Você acessa seu produto através de um link que enviamos ao seu email. Você também pode acessá-lo nesta página.

Perguntas Frequentes

O conteúdo deste produto não representa a opinião da Hotmart. Se você vir informações inadequadas, denuncie aqui