Cuidados no redirecionamento de URL na migração de site ou plataforma de vendas

Marketing Digital

Cuidados no redirecionamento de URL na migração de site ou plataforma de vendas

Conheça as melhores práticas de SEO para evitar erros ao fazer o redirecionamento de URL!

Hotmart

07/03/2024 | Por Hotmart

O redirecionamento de URL acontece quando uma página deixa de existir e é preciso encaminhar os usuários que têm o link direto para outra página. É uma forma de priorizar a usabilidade mesmo quando é preciso excluir endereços, mas fazer isso em excesso pode prejudicar o SEO.

É muito provável que, em algum momento da sua vida, você já tenha visto uma página sem conteúdo. Um dos motivos pelos quais isso acontece é a ocorrência de um erro na hora de fazer o redirecionamento de URL, muito comum em casos de mudanças ou migração de site ou da plataforma.

Esse tipo de ação, a depender do caso, traz impactos na imagem da marca e aponta alguns problemas na atenção de quem gerencia o site.

Entender as causas e ter iniciativa para solucionar o problema rapidamente são as melhores estratégias para quem trabalha com criação de conteúdo.

Desse modo, você evita abandonos do site e aumenta as chances de engajamento do público com a sua página.

Neste artigo, entenda quais são os principais cuidados no redirecionamento de URL, principalmente na hora de migrar de site ou plataforma!

Razões para migração de site ou plataforma de vendas

Diversos motivos podem levar uma pessoa a mudar o domínio do site ou passar a atuar em outra plataforma de vendas: vantagens financeiras, melhores recursos e necessidade de espaços virtuais mais modernos são alguns exemplos disso.

No entanto, um cuidado que muitos profissionais e criadores de conteúdo deixam de lado é o redirecionamento da URL. Essa é uma prática fundamental para a sua técnica de SEO, pois permite que qualquer pessoa que visite o seu site saiba para onde precisa ir para ter acesso à página.

O redirecionamento pode acontecer de forma automática ou por meio de um link. Assim, é possível indicar qual é a página correta ao visitante, sempre que ele chegar no site que não existe mais ou que está passando por reformas.

Planejamento prévio: a chave para um redirecionamento bem-sucedido

Para fazer um redirecionamento bem-sucedido, é importante pensar na experiência do usuário.

Isso envolve priorizar um URL amigável, garantir a usabilidade do site e ter uma atuação empática, é possível manter o público próximo e engajado com o seu negócio.

Para isso, é fundamental contar com a configuração correta do redirecionamento.

Nesse contexto, ter um planejamento prévio pode ajudar a preparar cada etapa. Além disso, se você não souber realizar esse procedimento por conta própria, pode se adiantar para procurar por um profissional especializado para evitar erros e prejuízos na classificação de SEO.

Tipos de redirecionamento: 301, 302, e suas aplicações corretas

Geralmente, os tipos de redirecionamento de URL que você vai se deparar são divididos entre permanente (chamado também de 301) ou temporário (conhecido por 302).

Para fazer a escolha e a aplicação corretas, é necessário finalizar o planejamento e revisá-lo atenciosamente.

No caso do permanente (301), o que precisa ser feito é o redirecionamento de uma URL para outra. Na maioria das situações, essa é a seleção padrão sempre que você cria um novo redirecionamento.

Outra opção é o redirecionamento temporário (302), quando o acesso ao site leva para uma outra URL. Essa alternativa é mais indicada para quando há casos de manutenção ou reformulação da página, para não deixar o lead sem acessar o conteúdo desejado.

Estratégias para minimizar impactos negativos no SEO

O Google faz análises periódicas da classificação de sua autoridade de domínio.

Por esse motivo, uma das dicas de SEO para manter a sua página com uma boa visibilidade é minimizar, ao máximo, os problemas que podem afetar o acesso, e isso inclui evitar URLs quebradas, páginas duplicadas e redirecionamento para páginas de erro.

Portanto, a melhor maneira de evitar impactos negativos no SEO é seguir as práticas recomendadas para fazer o redirecionamento de URL correto.

Nesse caso, definir se deseja fazer a migração temporária ou permanente vai ajudar a fazer as definições adequadas.

Da mesma maneira, é preciso migrar as estratégias de marketing. Saber como usar o SEO writing e as demais táticas para causar um bom impacto digital na nova página vai ajudar a ter um bom posicionamento e garantir que mais pessoas encontrem o site ou blog.

Ferramentas úteis para monitorar e avaliar redirecionamentos

O Google pode ajudar a monitorar e avaliar redirecionamentos para URL. Ao utilizar a Ferramenta de Inspeção de URL, você pode testar o link, além de conferir detalhes sobre dados estruturados e indexação.

Fazer o monitoramento periódico, principalmente em momentos de instabilidades do servidor ou nos primeiros meses após a migração, ajuda a identificar rapidamente os erros para corrigi-los.

Além disso, tenha em mente que quanto menos tempo o problema persistir, menores são os prejuízos para o seu negócio.

Entender como funciona o redirecionamento de URL vai contribuir para montar um bom planejamento e ficar longe de problemas que possam impactar o posicionamento da sua página.

Assim, é possível manter a qualidade na produção de conteúdo e garantir que cada vez mais pessoas conheçam os seus produtos e serviços.

Achou o artigo interessante? Continue se informando sobre o assunto e entenda o que é SEO. Assim, você descobre como traçar uma boa estratégia e o que fazer para alcançar as primeiras posições do Google!