Você sabe o que é sonoplastia? Entenda sua importância para produções audiovisuais

Produção de Vídeos

Você sabe o que é sonoplastia? Entenda sua importância para produções audiovisuais

A sonoplastia é a técnica de reconstituição artificial de efeitos acústicos que acompanham uma determinada ação. E produções menores para conteúdos na internet também se beneficiam! Aprenda o que é e como aplicar em seus vídeos!

Hotmart

27/03/2023 | Por Hotmart

Você já se perguntou como seriam os filmes da saga Star Wars sem os efeitos de sonoplastia dos sabres de luz? Ou, em outro caso, como seria um filme do Jurassic Park sem o grito assustador do T-Rex? E que tal os efeitos sonoros dos monstros e das batalhas ocorridas na trilogia O Senhor dos Anéis?

Já deu para perceber, só nesses exemplos, o quão importante é o som em uma produção, né?!

Saindo um pouco do cinema, as produções menores, voltadas para a web, por exemplo, se beneficiam também da qualidade do som – não pense que a boa sonoplastia se destina apenas ao cinema. O que acha, então, de se aprofundar no assunto?

Neste artigo, vamos entender mais a respeito. Confira!

 

Banner versão desktop

Primeiro de tudo, o que é a sonoplastia?

A sonoplastia é a técnica de reconstituição artificial de efeitos acústicos que acompanham uma determinada ação.

Consiste, basicamente, em criar sons naturais por meio de objetos e materiais, a fim de produzir efeitos semelhantes aos de animais, movimentos de ação (andar ou saltar), manuseio de objetos (armas, por exemplo), elementos da natureza (água, terra, vento ou fogo) e muito mais. No mundo do cinema, essa prática é conhecida como Foley.

Uma boa forma de ver como isso funciona, na prática, é oferecida pelo artista de Foley (também conhecido como sonoplasta), o Gary Hecker.

No vídeo abaixo. Hecker, que já participou de filmes importantes, como Star Wars e O Exterminador do Futuro, demonstra como é o processo criativo dos efeitos de sonoplastia, a partir de materiais comuns e que, ao menos em teoria, não se relacionam com os sons que ouvimos.

A sonorização é feita por um programa que produz esses efeitos produzidos artificialmente, a fim de simular, em estúdio, o objeto real a ser representado. É preciso que o som possa passar realmente a ideia de “real”. Para desempenhar isso, temos o sonoplasta.

Por que utilizar a sonoplastia nos vídeos?

Qual é o sentido de investir em um conteúdo audiovisual se, na prática, você não vai utilizar o “áudio” e também o “visual”? Um vídeo sem nenhum som pode transmitir a sua mensagem sem maiores problemas, mas será que o usuário vai, de fato, ser impactado?

Uma mensagem emocionante, por exemplo, precisa de outros elementos que ajudem a tornar o conteúdo ainda mais marcante para quem está te assistindo. A sonoplastia, portanto, trata-se de um elemento essencial, que vai ajudar a tornar o produto final ainda mais eficiente ao transmitir a sua mensagem.

Em uma aula de um curso online, um conteúdo mais técnico , por exemplo, pode se tornar mais fácil de ser consumido com uma trilha sonora que transmita a ideia de dinamismo. Por outro lado, um vídeo apresentando o manifesto de uma marca pode soar ainda mais impactante tendo efeitos sonoros como complementos.

Em resumo, a sonoplastia é um elemento fundamental para tornar os conteúdos audiovisuais, de fato, “áudio” e “visuais”. Isso transforma o material em algo ainda mais completo e, além disso, garante que a mensagem sempre seja entregue para o interlocutor.

O que faz um sonoplasta?

O sonoplasta é o artista plástico do som. Seu campo de atuação são as emissoras de rádio, televisão e produtoras, ou qualquer lugar que exija a presença desse profissional no apoio à produção ou direção.

Atualmente, a maioria dos sons precisam ser produzidos em estúdio por esse profissional. Existem, inclusive, bancos de dados prontos com milhares de efeitos sonoros catalogados, como sons de ambiente comum, de escritórios, itens de cozinha, animais, veículos, explosões, natureza, sons de feitiços, e outros.

Entretanto, um bom profissional pode criar o seu próprio arsenal de efeitos. Por conta de sua responsabilidade criativa e inovadora, mostra seu diferencial diante dos demais especialistas.

Para compreender melhor o que é a profissão de sonoplasta, confira o vídeo abaixo. Nele, os sonoplastas da Warner Bros falam sobre o processo de criação que envolve a profissão.

Por que a sonoplastia é tão importante?

“O som do cinema nunca é meramente um acompanhamento, nunca meramente o que o gravador capturou quando a cena é rodada. O som de verdade não apenas se adiciona à imagem, ele a multiplica. – Akira Kurasawa”

Esta citação ajuda a definir bem a importância da sonoplastia como complemento ao vídeo.

Uma forma de compreender a alma que a sonoplastia confere ao vídeo é conferir o que o diretor Steven Spielberg (ganhador de dois Oscar) fala sobre John Williams, compositor famoso pela trilha sonora de filmes icônicos, como Star Wars, Tubarão, E.T., Indiana Jones, Superman, e mais:

Agora, vamos entender o motivo da sonoplastia ser algo fundamental para qualquer conteúdo.

Dá vida ao conteúdo

Os efeitos sonoros são vitais para dar dramaticidade para uma cena.

Eles conseguem causar emoções no público e, além disso, ajudam a criar uma atmosfera que facilita a compreensão quanto ao que se passa no enredo. Vale ressaltar que, mesmo na época do cinema mudo, havia sons ao vivo para auxiliar a história. A questão da dramaticidade foi considerada um fator importante nos dois casos.

Podemos, por exemplo, perceber o estado emocional de uma pessoa que fechou uma porta pelo estrondo que ela fez. Ou, ao cair um objeto no chão, alguém ter uma boa noção de sua altura somente pelo barulho que causou.

Alinha a narrativa em relação ao que o espectador deve sentir

No mundo musical, por exemplo, o sonoplasta também tem um papel fundamental. Não na composição das músicas, e sim na forma como elas são integradas à ação e, principalmente, na reação do público.

O profissional compreende o conteúdo e, assim, consegue captar quais momentos da música necessitam de efeitos mais suaves e quando os efeitos devem ser mais fortes, aflorando determinados sentimentos e emoções de sua audiência.

Com o cinema, não é diferente. É preciso pensar em cada cena, definir como será a imagem e o som — com o último sempre complementando o conteúdo da imagem.

Ajuda a reter a atenção da audiência

Assim como as luzes, os sons também são responsáveis por manipular nossas emoções (como falamos durante este post) e, com isso, consegue direcioná-las para aquilo que o sonoplasta busca.

Observe que alguns programas de comédia usam efeitos sonoros de risadas ou aplausos e induz a audiência a rir das suas piadas.

O segredo para chamar a atenção do público, nesse sentido, está principalmente em sua audição.

Assim, para manter a sua audiência interessada, diretores e sonoplastas definem como usar seus sons de forma criativa para melhor apresentar suas histórias. Assim, amplificam a experiência do seu público por conta da imagem e dos sons desenvolvidos.

Como definir a trilha sonora para o meu vídeo?

A trilha sonora de um conteúdo em vídeo, como você observou ao longo deste artigo, é um ponto fundamental para aumentar o engajamento e encantar o público.

Roteiros bem estruturados, mas que não estejam acompanhados por uma boa sonoplastia, acabam perdendo muito do potencial que teriam de engajar e atrair o público.

Da mesma forma, de nada adianta ter uma trilha sonora rica e muito bem trabalhada se isso não faz as pessoas se envolverem com o conteúdo apresentado.

Por que ter cuidado com os direitos autorais?

Ao falar em sonoplastia, é muito importante se preocupar com a questão dos direitos autorais. Esse é um dos temas mais relevantes para a proteção de obras, sejam elas: livros, ideias, conceitos, trilhas sonoras, músicas, além de outros elementos de áudio.

Sendo assim, é fundamental que você tenha certeza de que está usando materiais que realmente permitem esse uso. Afinal, não ter essa autorização pode gerar uma série de problemas para o seu negócio.

Imagine que você fez uma ação de vídeo marketing, uma campanha sobre o seu curso, mas não utilizou obras com direitos autorais liberados.

Isso pode resultar em punições simples, como a retirada da campanha do ar, o que não prejudicaria tanto o seu negócio de forma definitiva, mas atrapalharia as suas estratégias. Em casos mais graves, você pode ter que enfrentar até mesmo processos judiciais.

Imagine todo o seu esforço sendo gasto durante esse tempo? Dessa forma, é fundamental que você e toda a sua equipe tenham consciência de que, para fazer um bom vídeo, os direitos autorais devem ser levados em consideração.

Até aqui, entendemos que a sonoplastia e o conteúdo são itens complementares e igualmente importantes na hora de produzir conteúdos que emocionem, engajem e aumentem o alcance de sua empresa ou canal. Atualmente, a conexão com os clientes, os usuários e a sociedade é cada vez mais necessária. Sendo assim, esse é um elemento essencial.

Diante disso, você não pode deixar de conferir algumas dicas que podem tornar os seus produtos ainda mais atrativos, ok? Aprenda com a Flávia, videomaker aqui na Hotmart, como deixar seus conteúdos audiovisuais mais profissionais!