Início / Blog / Saiba o que é hashtag (#) e como usá-la nas redes sociais
Fechar

Saiba o que é hashtag (#) e como usá-la nas redes sociais

A hashtag funciona como uma etiqueta para agrupar conteúdos em um mesmo tópico de pesquisa e é muito útil ao marketing digital. Saiba mais!

Hashtag: saiba o que é e como aplicá-las nas suas estratégias!

Mesmo para quem não tem uma forte presença online, a hashtag é bem conhecida. Para os mais antenados nas redes sociais, então, ela dificilmente fica de fora de um post.

Agora, você sabia que esse artifício é um valioso recurso na sua estratégia de marketing digital? É isso mesmo! Pense bem: hashtags servem como marcadores que ajudam a organizar o conteúdo — daí o nome: hash (jogo da velha, ou cerquilha #) + tag (etiqueta).

Desse modo, os posts podem ser facilmente filtrados e localizados pelo seu público-alvo depois de clicarem na hashtag.

Para entender melhor como o conceito da hashtag é interessante nos resultados da estratégia, acompanhe!

Post index MenuÍndice
O que é hashtag? Qual é a história das hashtags? Qual a proposta da Hashtag? Como usar hashtag? #SeLiga! 7 dicas para usar hashtag do jeito certo Como utilizar a hashtag na estratégia de marketing digital? Por que utilizar hashtags? Quais são os tipos de hashtags para as suas campanhas de marketing? Quais os sites onde você pode pesquisar hashtags? Pronto para essa ótima estratégia?
Voltar ao Índice

O que é hashtag?

O berço da hashtag é o Twitter. Por volta de 2007, os usuários começaram a moda de marcar palavras importantes da publicação com o icônico sinal de jogo da velha (#), a cerquilha.

A rede social, atenta ao movimento, passou a colocar hiperlinks nos termos destacados dessa forma.

Então, a hashtag passou a funcionar como a conhecemos hoje: se escrevemos, por exemplo, #EducaçãoFinanceira na legenda de uma foto do Instagram, um usuário que clicar no termo será levado para outra página.

Aí, estarão reunidos todos os resultados que também utilizaram aquela hashtag.

Você já está entendendo qual é a sacada, não é?

O recurso serve como um filtro para que o usuário encontre todos os conteúdos relacionados a um tópico de seu interesse. No caso do exemplo, todas as postagens com essa marcação provavelmente abordarão o tema da Educação Financeira.

Esse artifício serve, então, para fazer “grupos de pesquisa”. Tanto é que você pode seguir somente a hashtag, em vez de uma página específica.

A grande vantagem para o marketing digital é que você consegue aumentar o alcance da sua estratégia, fazendo com que seu conteúdo seja visto por visitantes qualificados.

Qual é a história das hashtags?

Ok, agora você já sabe o que são as hashtags. Porém, como elas surgiram e qual é a sua história? Se a gente levar em consideração que no Marketing as coisas mudam muito, já podemos considerar as hashtags já “crescidinhas”.

Afinal, a estratégia nasceu em 23 de agosto de 2007, quando algumas redes sociais nem sequer tinham se popularizado. Para se ter uma ideia, nesse período, aquela que tinha maior uso no Brasil era o Orkut.

Chris Messina, um designer, utilizou a primeira vez nessa data. Hoje, seu tweet original conta com vários RTs (quando as pessoas compartilham a mensagem).

O objetivo de Messina era o de justamente organizar os assuntos por fóruns. Assim, sempre que comentasse sobre algo que gostaria de agrupar as ideias, bastaria utilizar as hashtags. Dessa forma, qualquer pessoa poderia acompanhar o que era discutido por diferentes usuários.

Apesar de ser uma ideia muito interessante, não agradou a princípio a equipe do Twitter. Foi justamente no ano de 2007 que Messina aproveitou a oportunidade com uma ocasião específica de sua região para expor a sua ideia.

Havia um incêndio que atingia florestas em San Diego, EUA, e as pessoas estavam reportando a situação. Porém, pela falta de uma estrutura que pudesse reunir todas essas informações, a disseminação das notícias foi dificultada.

Qual a proposta da Hashtag?

Como vimos, o principal objetivo da hashtag é o de agrupar informações relevantes quando elas tratam de um mesmo tema.

Voltando ao fato que desencadeou em seu uso e a tornou mais popular, caso elas fossem muito utilizadas durante os incêndios das florestas na Califórnia, qualquer pessoa que quisesse se informar sobre o tema poderia facilmente encontrar informações.

Isso contribui até mesmo para as autoridades locais, que poderiam acompanhar o reporte das pessoas em relação ao que estava ocorrendo e traçar suas ações com base no que as pessoas postavam.

Com isso, o objetivo da hashtag, hoje, é muito mais estratégico do que apenas reunir informações relevantes sobre determinado tópico: elas podem ser essenciais para que a sua empresa/negócio alcance um maior número de pessoas e, consequentemente, ganhe mais seguidores.

Afinal, basta inseri-la que a palavra se transforma em um link, o que contribui para que o usuário seja levado em poucos segundos a uma página que trata apenas daquele tema.

Como usar hashtag?

Para usar a hashtag, não tem segredo: basta colocar a cerquilha e adicionar o termo-chave em seguida, sem espaços.

No entanto, vale a pena entender um pouco sobre as particularidades de seu uso em cada uma das grandes redes sociais.

No Twitter

Além do uso tradicional (para aglutinar conteúdos de acordo com seus temas), essa rede social conta com os chamados Twitter Chats, em que os usuários criam sessões de perguntas e respostas por meio das hashtags. É um modo muito interessante de interagir com os usuários.

A rede também fornece uma pesquisa avançada de hashtags populares, com filtros para data de publicação, localização e hierarquia de exposição por:

  • engajamento do público: #toptrends na guia “Em destaque”;
  • mais recentes: na guia “Últimas”;
  • perfis relevantes: na guia “Pessoas”;
  • presença de multimídia: nas guias “Fotos” e “Vídeos”;
  • conteúdo em formato de videoaula ou live: na guia “Transmissões”.

No Instagram

No Instagram, o diferencial está na sugestão de hashtag, tanto para quem a insere como para quem a acompanha.

Quando você coloca o símbolo da cerquilha na sua publicação, a rede social já indica várias possibilidades de hashtag para aquele conteúdo, com base na popularidade.

Além disso, os usuários também recebem sugestões para seguir hashtags relacionadas aos conteúdos com os quais eles têm afinidade — o que é ótimo, já que aumenta as chances de seu post estar em um grupo de pesquisa acompanhado por potenciais seguidores.

No Facebook

Assim como no Twitter e no Instagram, os resultados que compartilham da mesma hashtag também ficam agrupados em um mesmo local.

Um uso interessante no Facebook é aplicar esse artifício na divulgação de eventos: você pode indicar a hashtag oficial na descrição da página. E depois, adicione a marcação em todas as publicações relacionadas ao evento.

Assim, em um clique, os usuários terão acesso a todos os posts que têm a ver com o acontecimento: seja de preparativos técnicos para a data, seja de conteúdos para educação da audiência sobre o assunto que será abordado na ocasião.

No LinkedIn

No LinkedIn, o uso das hashtags ainda não é tão popular como nas outras redes.

No entanto, você também pode utilizá-las para descobrir tópicos de seu interesse, direcionar as suas publicações e encontrar um público potencialmente valioso para sua estratégia.

#SeLiga! 7 dicas para usar hashtag do jeito certo

Ao contrário do que dizem, a internet não é terra de ninguém! Ao menos, não para quem a utiliza com fins profissionais.

As hashtags devem ser aplicadas estrategicamente, se você quiser um resultado eficiente no marketing digital. Veja algumas dicas!

1. Use palavras-chave

Não use muitas palavras, como frases completas, mas sim termos-chave e intuitivos. Afinal, o objetivo é que a hashtag seja encontrada facilmente pelo público.

Nesse sentido, construções muito complexas restringem a possibilidade de pesquisa.

Por exemplo, em vez de #QuaisSãoAsTendênciasDoMarketingDeConteúdoPara2023, use apenas #TendênciasMarketingDeConteúdo.

2. Não use uma hashtag para cada palavra

Ainda partindo do princípio de que a hashtag precisa ser encontrada, aglutine todas as palavras em uma única cerquilha.

Ao separar #Marketing #De #Conteúdo, cada termo será levado para um grupo de pesquisa, o que dificultará o direcionamento do conteúdo para o tópico que realmente interessa.

Nesse caso, prefira juntar tudo em uma mesma hashtag: #MarketingDeConteúdo.

3. Acompanhe as hashtags mais populares

Atente-se às hashtags populares nas redes que você usa. Segui-las para acompanhar novidades é uma boa, assim como aplicá-las para levar sua postagem aos tópicos mais relevantes do momento.

Para tanto, existem vários sites, como:

4. Pense no engajamento dos usuários

É legal acompanhar as hashtags que estão bombando? Sim! Mas é igualmente importante gerar engajamento dos seguidores.

Então, de nada adianta marcar uma postagem com a hashtag do momento sem que ela tenha, de fato, a ver com o conteúdo.

Pense bem: seu post pode até aparecer no tópico popular, mas dificilmente quem está navegando por ele clicará se o conteúdo não for condizente com o tema.

Afinal, a essência da hashtag é servir como um filtro para os resultados de pesquisa.

5. Evite exageros

Nenhuma das redes sociais possui um limite de hashtags por publicação, mas isso não significa que você deve usar quantas hashtags quiser.

Isso acontece porque cada hashtag que você usa é menos espaço para o conteúdo propriamente dito. E em canais como o Twitter, cada espaço conta. E sem falar no aspecto estético, já que um texto cheio de hashtags não é visualmente apresentável.

O ideal é usar até três termos no Twitter e Instagram, mas procure focar apenas no essencial.

6. Crie uma hashtag para o seu negócio ou evento

Que tal criar uma hashtag com o nome do seu negócio? Assim, seus seguidores vão poder encontrar todos os conteúdos da sua marca com muito mais facilidade.

E, se quiser, vá além e use essa estratégia para ajudar na divulgação de seus eventos online. Durante o lançamento de um novo produto, por exemplo, você pode criar uma hashtag exclusiva, reunindo todas as informações mais importantes em um único lugar!

7. Revise antes de publicar

Por último, uma dica que parece óbvia, mas é fundamental: revise a hashtag antes de publicá-la.

Um simples erro de ortografia fará com que a estratégia de marketing não seja efetiva, já que o post não será indexado nas buscas que interessam.

Como utilizar a hashtag na estratégia de marketing digital?

Independentemente de qual seja a estratégia adotada pela sua empresa no marketing digital, é preciso ter um bom planejamento.

Quanto às hashtags, não é diferente. Por isso, entender como utilizá-las e quais são as boas práticas é um importante passo para que a sua empresa consiga, de fato, colher bons frutos dessa ação. A seguir, trouxemos algumas dicas. Confira!

Crie hashtags para a empresa ou para um evento

É interessante utilizar hashtags que tenham um bom volume de interesses por parte dos usuários. Porém, para que o seu negócio tenha mais destaque e aumente as chances de ser lembrada pelo seu público, é importante contar com uma hashtag própria.

Assim, a partir do momento que estreita o relacionamento com o seu público, ele tem a possibilidade de utilizar a hashtag criada, o que aumenta as chances de atração de pessoas que já conhecem a sua marca e o seu negócio.

Se for fazer qualquer tipo de evento, essa prática é ainda mais recomendada. Isso contribui para que as pessoas que forem participar da ocasião postem foto já com a hashtag em suas legendas. Além de a sua equipe poder encontrar com facilidade todas as publicações que envolvem o tema, é uma oportunidade de outras pessoas terem contato com o que foi feito.

Pesquise hashtags adequadas para cada rede social

Como vimos, as estratégias devem ser diferentes para as múltiplas redes sociais. Além de entender as particularidades de cada uma delas, é preciso que haja também diferenciação no seu uso.

Aquelas que você utilizar no Instagram, por exemplo, não devem ser replicadas diretamente no Twitter. Se considerarmos as características do Twitter: são 280 caracteres em uma publicação. Ou seja, o ideal é que elas sejam curtas e mais diretas.

Já no Instagram, há a possibilidade de utilizar um volume maior e que direcionem e segmentem o seu público. Esse canal ainda tem a particularidade de que as pessoas buscam por inspiração nas fotos. Sendo assim, o indicado é que você entenda o comportamento de seu público para que a empresa seja encontrada a partir desse tipo de pesquisa.

Procure por uma hashtag com alto volume de publicações

Se você ainda não iniciou com essa estratégia, o ideal é buscar por aquelas hashtags que já têm um alto volume de publicações. Principalmente se a sua rede social for nova. Assim, as chances de outras pessoas encontrarem a sua página de forma orgânica aumentam consideravelmente.

Exemplo: suponhamos que uma pessoa está fazendo um curso online de receitas veganas para venda. Se ela iniciou recentemente no Instagram, começar com a hashtag utilizando o nome de seu curso não é uma boa sacada. Afinal, pouca gente ainda conhece. O mais estratégico é partir para termos mais comuns, como #vegan, #veganismo, #comidavegana etc.

Se levarmos em consideração ainda essa rede social, devemos levar em conta que as pessoas têm a oportunidade de seguir hashtags e não apenas usuários. Por isso, quanto mais direcionado for para o seu nicho, melhor será.

Por que utilizar hashtags?

Mas quais são os diferenciais de utilizar as hashtags para engajar seu público? A seguir, a gente selecionou alguns dos principais, confira!

Acompanhar os assuntos que estão em alta

Imagine que, em seu cronograma de publicações, há sempre um dia em específico para uma pauta de tema que está em alta. Porém, é preciso identificar o que de fato está na “boca” dos usuários que engajam em sua página, não é verdade?

Nesse sentido, as hashtags funcionam como uma importante aliadas. Quando você analisa aquelas mais populares voltadas para o seu segmento, há a possibilidade de encontrar alguns assuntos bem relevantes que podem ser trazidos para a sua realidade de conteúdo.

Sendo assim, podemos considerar que as hashtags funcionam como uma espécie de “termômetro”. A partir delas, podemos encontrar assuntos que seriam relevantes para entender melhor o interesse do público e trazer temáticas que de fato vão gerar engajamento.

Aumento do alcance

Consequentemente, há um aumento do alcance de suas postagens. A partir do momento em que você traz uma hashtag que está em alta, as pessoas que acompanham esse termo podem facilmente encontrar as suas publicações e/ou a sua página.

É uma forma de trazer novos usuários para seguir o seu canal de forma orgânica, aumentando a sua base e ainda trazendo pessoas que de fato são qualificadas e se interessam por aquela temática.

Quais são os tipos de hashtags para as suas campanhas de marketing?

Existem alguns diferentes tipos de hashtags que podem ser utilizadas em sua estratégia de marketing digital.

Normalmente, elas são divididas em hashtags genéricas e hashtags específicas. Quanto às genéricas, como o próprio nome já sugere, contribui para gerar um volume mais rápido de visualizações.

Acima, trouxemos o exemplo de uma pessoa que faz curso de receitas veganas. Caso ela utilize a hashtag #vegan, terá um alcance muito maior no período inicial, por ser um termo em que as pessoas que se interessam no assunto têm familiaridade e pesquisam nas diferentes redes sociais.

Já as específicas vão tratar especialmente de seu produto ou empresa. Nesse mesmo exemplo, a pessoa tem a oportunidade de utilizar tanto o nome de seu curso quanto alguns pratos que estarão presentes em algumas das aulas. As chances de interação são menores, mas muito mais qualificadas.

Quais os sites onde você pode pesquisar hashtags?

Com o objetivo de obter sucesso com essa estratégia, não basta apenas trazer hashtags aleatórias. O ideal é que utilize sites específicos para encontrar aquelas que mais se adéquam ao seu produto e ao seu público.

Existem canais e apps próprios para isso, como:

  • Tag It — disponível apenas para Android, mas conta com categorias e subcategorias para as suas hashtags;
  • Magnif for Instagram — também disponível apenas para Android, conta com atalhos que possibilita identificar os melhores termos;
  • TagsForLikes — disponível tanto para Android quanto para iOS, conta com diversas categorias e assuntos para encontrar as hashtags que melhor se adéquam ao seu negócio;
  • TagsDock — disponível apenas para iOS, adiciona um teclado exclusivamente para você inserir hashtags no Instagram.

Pronto para essa ótima estratégia?

Bom, você já sabe qual é o conceito da hashtag, conheceu suas principais aplicações nas diferentes redes sociais e conferiu dicas para um uso adequado.

Como vimos, as hashtags são uma ótima estratégia para interagir com seu público e conseguir mais engajamento. Está pronto para utilizá-la? O ideal é contar com um bom planejamento e sempre metrificar os resultados para que você possa identificar as melhores práticas e as mais adequadas para seu público.

E para que você tenha informações ainda mais relevantes sobre o tema, não deixe de baixar o material que aborda sobre os segredos para ter um perfil campeão no Instagram!

Este post foi originalmente escrito em abril de 2019 e atualizado para conter informações mais completas e precisas