dicas de marketing digital

Marketing Digital

15 dicas de marketing digital para alavancar o seu negócio na internet

Confira 15 dicas de marketing digital que vão impulsionar o alcance da sua marca na internet e otimizar as suas estratégias digitais.

Hotmart

10/11/2022 | Por Hotmart

Em um mundo cada vez mais conectado, ter uma presença online bem construída é fundamental para se destacar em meio aos seus concorrentes e aumentar a visibilidade de sua marca.

Por isso, o marketing digital é importante para todos os tipos de negócio, sejam eles online ou não.

Mas você sabe como usar as suas estratégias de forma eficiente?

Para te ajudar, selecionamos 15 dicas de marketing digital que vão impulsionar o seu alcance na internet e aumentar as vendas.

Continue lendo este post!

Banner versão desktop

As melhores dicas de marketing digital para o seu negócio

Se você tem um negócio digital, ou mesmo se não tem, mas percebeu a necessidade de interagir e conquistar clientes pela internet, você precisa conferir as dicas de marketing digital a seguir!

1. Identifique as personas do seu negócio

Persona ou buyer persona é a representação semifictícia do cliente ideal de um negócio.

Diferente do marketing tradicional, que aborda os conceitos de público-alvo e segmento, que são mais abrangentes e dizem respeito a um grupo de clientes em potencial que possuem características em comum, o marketing digital vai um pouco além. Como é uma estratégia muito mais personalizada, faz-se necessário entender mais profundamente sobre um cliente em específico.

Por isso, para criar ações ainda mais personalizadas e eficientes, você precisa mapear as características e personalidade daqueles ou daquele que é considerado seu cliente ideal.

Identificar quem são os potenciais compradores do seu produto ou serviço é o primeiro passo para desenvolver a sua estratégia.

Parece complicado? Um exercício pode te ajudar.

Tente pensar em seus clientes atuais, ou nos ideais, e responder às seguintes perguntas:

  • Existe uma predominância de gênero, profissão, idade e região onde eles moram?
  • Quais os motivos que fazem essas pessoas encontrarem na sua marca a solução para um problema?
  • Se você oferece mais de um tipo de produto ou serviço, consegue identificar as diferenças entre quem compra cada um deles?

Depois dessa análise, é a hora de sintetizar tudo isso em personagens fictícios que representam as expectativas e comportamentos do seu consumidor real.

A esses perfis de pessoas que têm maior probabilidade de se interessar pelo que você está divulgando damos o nome de personas.

2. Busque palavras-chave

Você já ouviu falar em palavras-chave? Elas são o conjunto de palavras, frases ou conceitos que sintetizam o ponto principal de um assunto.

As palavras-chave são usadas para orientar a construção de sites, posts de blog, landing pages, entre outros conteúdos.

Existem dois tipos de palavras-chave:

  • Cauda curta (short tail): são termos mais abrangentes e de topo de funil, com uma a duas palavras, que geralmente têm um volume de buscas maior, mas que não são tão úteis para conversão, e, sim, para gerar tráfego;
  • Cauda longa (long tail): são termos mais específicos e de meio a fundo de funil, com mais de duas palavras, que oferecem mais chance de conversão, já que atraem um público mais segmentado.

Se você trabalhar essas palavras juntamente às técnicas de SEO, é bem provável que suas páginas fiquem bem posicionadas nos mecanismos de busca e recebam mais cliques.

Isso acontece porque quando uma pessoa acessa o Google, por exemplo, e procura por um determinado assunto, intuitivamente ela utiliza esses termos.

Ou seja, usar palavras-chave em seus conteúdos faz com que você atinja o público que está te procurando.

Dessa forma, é essencial que você conheça os principais termos relacionados ao seu negócio. Para isso, você pode utilizar algumas ferramentas de palavra-chave que tornam esse trabalho muito mais rápido e preciso.

Algumas ferramentas que você pode usar são:

Elas apresentam o volume de buscas dos termos pesquisados, mostram outras sugestões e te ajudam a estruturar sua estratégia com base em dados e tendências.

3. Produza bons conteúdos

Como dito anteriormente, um conteúdo que utiliza as palavras certas terá maior chance de aparecer nos primeiros lugares de uma busca.

Mas não basta fazer com que as pessoas cliquem no seu link, elas precisam se interessar pelo que vão encontrar ali. Ou seja, a base para uma boa estratégia de marketing digital está nos conteúdos de qualidade, bem produzidos e com informação útil.

Entregar as respostas que os usuários procuram é um fator determinante para criar um relacionamento com seu público-alvo e, possivelmente, convertê-los em clientes fiéis.

Dedique um tempo para encontrar as pautas e temas relevantes para a sua audiência. Pense em como o seu negócio pode ajudar essas pessoas a encontrarem soluções para os seus problemas.

Não se esqueça de incluir conteúdos que serão valiosos por um longo tempo, ou seja, os temas evergreen. Isto é, conteúdos duradouros, que não tem data de validade e que serão atuais e úteis mesmo passando anos.

Esse tipo de conteúdo é superimportante pois ajuda não somente a gerar tráfego constante para seu site, como também contribui para a construção da autoridade de sua marca online.

E para que as suas ideias não se percam, é importante criar um calendário editorial de marketing. Nele, você reunirá todas as ações que pretende executar, estabelecerá prazos e metas e conseguirá organizar melhor o seu tempo.

4. Esteja presente nas redes sociais

Mesmo que o seu negócio não seja digital, as pessoas vão buscar informação sobre você na internet. E, se elas não te encontrarem, provavelmente, encontrarão seus concorrentes.

Por isso, é fundamental que você esteja presente em todos os canais que seu público-alvo utiliza para consumir informação.

Além de sites e blogs, as redes sociais são um importante canal de divulgação e relacionamento com seus clientes.

Estar presente digitalmente é uma forma de conversar diretamente com seu público, gerar engajamento e identificação com a sua marca, responder dúvidas e fazer ofertas.

Ao construir uma relação de confiança com os seus clientes e potenciais, você faz com que eles sejam influenciadores poderosos em seus círculos de amigos, parentes e colegas de trabalho.

Lembre-se de que todas as plataformas utilizadas para as suas estratégias de marketing digital devem estar alinhadas conforme o discurso da marca. Portanto, tenha em mente qual é o tom de voz e o posicionamento da sua empresa.

6. Use uma ferramenta de CMS

Bom, já deu para perceber como é importante contar com páginas na internet, seja um site ou um blog. Mas, como administrar tudo isso, especialmente se você não tem experiência no assunto?

Uma boa solução é contar com uma ferramenta de CMS, sigla em inglês para Content Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo.

Esse tipo de ferramenta facilita o trabalho de criar, publicar e gerenciar páginas da internet. Você deixa de se preocupar com linhas de código HTML e pode focar no que interessa: criar conteúdos atraentes e de qualidade.

Existem dezenas de opções de CMS diferentes no mercado, como WordPress, Joomla e Wix. Basta escolher o que oferece as melhores soluções para as suas necessidades e começar a produzir!

Banner versão desktop

7. Tenha um domínio próprio

Ter um domínio próprio, ou seja, um endereço próprio na web, é extremamente importante. Tanto para passar profissionalismo, como também para atrair mais visitantes e conquistar novos clientes.

Com isso, você consegue colocar um URL personalizado em seu site, registrar um e-mail com o nome do seu negócio e tem a possibilidade de criar subdomínios.

E sem contar também com as vantagens que ter um domínio proporciona para suas ações de marketing digital.

Você ganha pontos nas ações de SEO, consegue criar anúncios com o Google e registrar-se em outras ferramentas imprescindíveis para negócios digitais, como o Google Shopping, por exemplo.

Ao passar tal profissionalismo, as pessoas certamente vão confiar mais em seu site e se tornar clientes com menos objeções.

Acesse nosso post com o passo a passo para registrar seu domínio e veja como é fácil!

8. Crie um funil de vendas

Você já ouviu falar sobre o funil de vendas?

Essa estratégia é muito usada no Inbound Marketing e permite que você guie seu cliente em uma jornada de compras.

Para isso, você deve imaginar um funil composto por 4 etapas: atração, conversão, compra e encantamento.

Essas etapas representam os momentos pelos quais o seu potencial cliente passa antes de chegar intuitivamente até a solução que você pretende oferecer.

Explicando melhor, podemos dizer que antes de realizar uma compra as pessoas passam pelo seguinte caminho:

Etapas do Funil de Vendas

Para entender mais sobre como trabalhar seus conteúdos em cada uma dessas etapas, leia o nosso post completo sobre funil de vendas.

>> Lead magent: aprenda a criar iscas digitais e atrair leads para seu negócio

9. Promova os seus conteúdos

Depois de tanta dedicação para produzir bons conteúdos, não se esqueça de pensar em estratégias para promovê-los.

São muitas as possibilidades de promoção de conteúdos na internet. Por isso, vale a pena entender mais sobre as estratégias de mídia paga, como anúncios em redes sociais e no Google Ads, e as estratégias de tráfego orgânico, utilizando técnicas de SEO e redes sociais, como explicamos acima.

O interessante de investir em mídia paga é que ela permite a segmentação dos anúncios de acordo com um público específico. Ou seja, seus anúncios só serão exibidos para as pessoas que se encaixam no perfil das suas personas ou, em outras palavras, para seus potenciais compradores.

Para potencializar ainda mais o seu alcance, você pode aplicar, também, uma estratégia de transmídia.

Por exemplo, depois de publicar um post em seu blog, você pode divulgá-lo na página da sua marca no Facebook e convidar seus fãs para opinarem sobre o que leram.

Da mesma forma, ao finalizar um vídeo no YouTube, você pode sugerir que seus seguidores te acompanhem nas outras redes para receberem mais informações sobre o assunto.

O importante é garantir que o seu público receba os seus conteúdos e se mantenha engajado.

>> Tráfego pago ou orgânico? Descubra como escolher o melhor para o seu negócio!

10. Domine as técnicas de SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, isto é, otimização para motores de busca. Essa estratégia envolve um conjunto de técnicas que possibilitam com que seus conteúdos sejam encontrados quando usuários fizerem buscas em motores como o Google.

Dominar e utilizar essas técnicas é muito vantajoso para qualquer negócio no meio digital, já que não custa nada e pode gerar resultados surpreendentes.

As técnicas de SEO são separadas em duas frentes:

  • On-page SEO: que conta com as ações realizadas na estrutura da página, para torná-la usual e adequada à experiência do usuário. E também na construção do conteúdo, que precisa ser relevante e oferecer valor, conter as palavras-chave certas e ter boa legibilidade.
  • Off-page SEO: que envolve ações que vão além da página, como a construção de backlinks, autoridade e presença online.

Para ter sucesso com as técnicas de SEO, é necessário muito planejamento, acompanhamento e envolvimento de várias equipes, como desenvolvimento, design e conteúdo. E também é necessário entender que os resultados começam a aparecer de médio a longo prazo.

Mas todo o esforço com SEO vale muito a pena. As vantagens são tão grandes e valiosas que a maioria dos negócios comprometidos com marketing digital adotam essas técnicas.

Comece a investir na otimização de suas páginas também. Confira nossas dicas de SEO!

 

11. Aposte no design responsivo

De acordo com pesquisa feita pela PNAD Contínua em 2019, 89,9% das pessoas utiliza a internet pelo celular. Essa estatística mostra uma tendência irreversível do mercado atual: mais e mais pessoas têm smartphones e os usam para fazer buscas e, inclusive, consumir produtos e serviços.

Apostar em design responsivo, que diz respeito à adaptação do layout de páginas web a qualquer formato de tela, é mais do que essencial hoje. O foco deve ser 100% na experiência do usuário para que todas as outras estratégias de fato funcionem.

Sem páginas adaptadas, suas estratégias de marketing digital podem acabar sendo prejudicadas. Portanto, não deixe o design responsivo de lado, aposte em ferramentas que oferecem essa funcionalidade e conte com um designer para criar interfaces pensadas para o usuário!

12. Monitore os KPIs certos

Uma das grandes vantagens do marketing digital é poder usar a inteligência de dados a seu favor. Na internet, é possível medir tudo, desde tráfego e cliques, até comportamento e conversões, e muito mais.

Mas, para usufruir bem dessa vantagem, é preciso planejar as suas estratégias, definir objetivos claros e determinar indicadores de desempenho, ou KPIs, para poder mensurar suas ações.

Os KPIs permitem que você acompanhe as métricas de desempenho e entenda quais estratégias estão dando certo. Além disso, você poderá criar relatórios objetivos e contar com informações relevantes para tomar decisões e melhorar cada vez mais!

Alguns dos KPIs mais usados são:

  • taxa de conversão;
  • origem do tráfego;
  • aquisição de leads;
  • interações sociais;
  • conteúdos mais lidos.

Ao construir as metas do seu negócio, estabeleça quais serão os mais adequados de acordo com o objetivo de cada estratégia. Assim, as chances de fazer a coisa certa e com mais eficiência aumentam significativamente!

13. Invista em anúncios

Não adianta produzir conteúdos excelentes e cheios de informações úteis se ninguém chegar até eles, certo? Esperar resultados positivos sem fazer nada não vai levar o seu negócio a lugar algum.

Embora o Marketing de Conteúdo e as estratégias de SEO sejam suficientes para atrair os seus primeiros visitantes, números mais expressivos podem demorar um pouco. Se você quer resultados mais rápidos, precisa investir em anúncios.

A grande vantagem dessa estratégia é a possibilidade de segmentar o público, levando o seu conteúdo para as pessoas certas e no momento certo.

Por exemplo, se você vende um curso online de pilates para gestantes, pode configurar os seus anúncios para serem exibidos para mulheres que praticam pilates e que estão grávidas.

Existem diversas maneiras de anunciar na internet, como links patrocinados em pesquisas do Google, posts impulsionados nas redes sociais e anúncios de vídeo no YouTube.

14. Não se esqueça do e-mail marketing

Você sabia que, somente em 2021, quase 320 bilhões de mensagens de e-mail foram enviadas e recebidas por dia?

Esses dados do site Statista, que reúne estatísticas e dados digitais, mostram como o e-mail ainda é uma ferramenta muito relevante.

Nesse sentido, a nossa próxima dica de marketing digital é apostar no e-mail marketing. Essa estratégia consiste em se comunicar com clientes do seu negócio por meio do e-mail.

Você pode usar o e-mail marketing para comunicar as novidades do seu negócio para o público por meio de uma newsletter, criar fluxos de nutrição de novos leads ou disparar comunicados automáticos em caso de abandono de carrinho na sua loja virtual.

As possibilidades são muitas. Porém, o mais importante é seguir as principais normas e disparar as mensagens para os usuários que aceitarem receber. Caso contrário, seus conteúdos têm grandes chances de serem sinalizados como SPAM.

15. Teste estratégias diferentes

Mesmo que você tenha certeza de que uma estratégia vai dar certo, às vezes, ela não traz o resultado esperado. Por isso, tenha sempre um plano B para colocar em ação.

Mude o título dos seus textos, trabalhe outras palavras-chave, divulgue de forma diferente nas redes sociais, faça anúncios distintos.

Lembre-se sempre de registrar os dados relacionados a essas tentativas e analisar esses resultados.

Marketing digital também é sobre testes, erros, acertos e correções

Testar diferentes estratégias é uma ótima forma de conhecer o comportamento do seu público-alvo no ambiente digital. Com o tempo, suas ações serão cada vez mais efetivas.

Gostou dessas dicas de marketing digital e quer conhecer outras estratégias para aplicar em seu negócio? Então confira nosso post com 11 estratégias de marketing para atrair mais clientes!

Este post foi originalmente escrito em outubro de 2018 e atualizado para conter informações mais completas e precisas.

Banner versão desktop