Início / Blog / Segundo dia de FIRE FESTIVAL 22: conteúdo que não para!
Fechar

Segundo dia de FIRE FESTIVAL 22: conteúdo que não para!

Fique por dentro das principais dicas e destaques do segundo dia de FIRE FESTIVAL, um dos maiores eventos da Creator Economy.

Dia 2 do FIRE FESTIVAL

Você piscou e o segundo dia de FIRE FESTIVAL já acabou! Mas pode ficar na paz, pois trouxemos os destaques para você ficar por dentro de tudo que aconteceu no Expominas neste 2 de setembro de 2022.

Ah, e aproveite para conferir os melhores momentos do primeiro e do terceiro dias de evento,  caso não tenha visto. Maratone esses conteúdos e saia na frente na Creator Economy.

Post index MenuÍndice
Destaques do palco Innovation Destaques do palco Relationship Palco Entrepreneurship Destaques do palco Fun
Voltar ao Índice

Ah, e você também pode conferir os melhores momentos do evento no vídeo abaixo:

Destaques do palco Innovation no segundo dia de FIRE FESTIVAL

Quem leu o blog post de ontem já sabe que o palco Innovation é o que reúne os speakers que inspiram criatividade e inovação, contando com grandes nomes de diferentes áreas. E o segundo dia está cheio deles! Vamos conferir?

Manhã no palco Innovation

Bom dia! O sol já nasceu lá no Expominas! Quem leu cantando já sabe de quem a gente está falando, né? O dia no Palco I começou com muita alegria recebendo o Mundo Bita. Chaps e Felipe Almeida, criadores do universo que fica na Galáxia da Alegria, ensinaram como criar conteúdo usando personagens.

Durante o bate-papo, Chaps e Felipe apresentaram a história do Mundo Bita para o público do FIRE e compartilharam alguns dos segredos do sucesso. Segundo Felipe, a sacada que eles encontraram foi não parar de criar e não subestimar a inteligência do seu público-alvo: as crianças.

“Estamos fazendo cultura, contribuindo com um legado, levando alegria às famílias e fazendo a economia girar. É isso que nos motiva”, comentou Felipe.

Imagen de una de las charlas más ineresantes del espacio R.

Depois foi a vez da Nathália Cavalieri, a Nathão, General Manager da Hotmart, falar sobre o mercado da Creator Economy e tudo o que ela aprendeu em sete anos de Hotmart.

Apaixonada por dados, Nathão trouxe um panorama mundial da economia dos criadores, como o fato de que 75% deles monetizam seu trabalho apenas com publiposts e parcerias com marcas.

A GM da Hotmart ainda falou um pouco da história do FIRE FESTIVAL, contando um pouco sobre suas experiências nas edições anteriores do evento. “O FIRE é uma comunidade, a gente tem que se conectar”, comentou Nathão.

E para finalizar a sua apresentação, ela apontou o compartilhamento de conhecimento e da criação de conexões como forças geradoras de comunidades. “Se a gente pensa que a pessoa do lado é nossa concorrente, estamos pensando errado”, concluiu.

E que tal uma aula da Meta? Isso mesmo, a empresa do Facebook, Instagram e WhatsApp esteve presente no FIRE FESTIVAL 22. Representando a Meta, estava o Miro Lima. Ele falou que, em meados de 2000, a gente “entrava” na internet. Hoje já estamos dentro dela o tempo todo.

 O que levantou vários insights:

  • A nossa identidade na internet evoluiu muito, incorporando a nossa relação digital em muitos pontos. Já estamos construindo o metaverso com o que temos;
  • A tecnologia veio para melhorar o nosso senso de presença quando não podemos estar juntos presencialmente;
  • Daqui para frente, as conexões entre o físico e o digital serão cada vez mais comuns.

Vamos falar de tecnologia do futuro, ou melhor, do presente? O conteúdo seguinte foi um painel sobre Web3 e Blockchain. Para debater sobre o tema, contamos com Catarina Papa, Bianca Brito e Luiz Guerra, especialistas e empreendedores do assunto.

Entre os destaques dessa conversa, você precisa saber que está surgindo um novo tipo de comunidade, monetizada e ativa, construída pelos usuários.

“Não é só a venda do NFT, bitcoins, mas um convite para fazer parte dessa economia. É um envolvimento na economia criativa. É um relacionamento parecido com o de uma rede social, mas com um investimento”, diz Catarina.

Panel de discusión en uno de los primeros momentos del evento en Hotmart.

262

Parte da tarde no palco I: check!

Puxando o assunto de conteúdo em áudio, chegou a vez de um painel focado em podcasts com a Laura Capanema, da Deezer, e o Márcio Brant, da Wepod.  

Alguns pontos-chave para um podcast fazer sucesso, segundo os palestrantes, são:

  1. Recorrência: Podcast é compromisso, se você não tem recorrência e não se compromete com a sua audiência, a tendência é não dar certo.
  2. Divulgação: Consistente e inteligente. Divulgar podcast em podcast costuma dar mais resultado do que divulgar em redes sociais.
  3. Planejamento médio: Uma das grandes ciladas é achar que o planejamento é longo. O Conteúdo é muito dinâmico e pode mudar.

Ter vídeo ou não? Se você tem tempo, estrutura e se faz sentido para você, ter um vídeo do seu podcast aumenta a sua audiência. Você vai ganhar mais.

O Rhavi Carneiro, fundador da Fluency Academy, veio depois e falou sobre como ele fez para tirar a dependência que a empresa tinha de sua imagem.

A solução foi criar hubs de conteúdo, como a Fluency TV, para selecionar novos experts que ensinassem do “jeito fluency”, se preocupando em atrair os melhores profissionais. 

O objetivo era aumentar e dominar o mercado.

“Deu certo, a nossa estratégia deu certo e conseguimos escalar a nossa ideia para o mundo inteiro: “Mission accomplished”.

Então chegou a hora de mais um painel, desta vez sobre o impacto social da Creator Economy. Este momento reuniu Nina Silva, Preto Zezé e Ana Fontes

A conversa foi muito rica. Dela, podemos destacar que a favela produz muita inovação e a ideia é migrar a percepção de que seja apenas um local de violência.

Além disso, o papo foi muito para o lado da tecnologia como um instrumento de inclusão.

“Pensem nas novas plataformas, nas ditas novas realidades como uma tentativa de fazer a nossa realidade ser realmente inclusiva. E quem sabe um dia seja possível falarmos de mérito”, finalizou Nina.

social impact of the creator economy - fire festival 22 panel

Monica Magalhães, colunista da Época Negócios, foi a seguinte e trouxe uma palestra inspiradora sobre Futurismo, web3, blockchain e Metaverso.

Para ela, quando a gente utiliza uma rede web3 o custo da transação financeira cai infinitamente. 

“Hoje o custo da transação é menor que décadas atrás, mas na rede blockchain cai ainda mais. E isso vai permitir que a gente consiga operar diferentes modelos de negócios. Micropagamentos geram micro serviços.

Com isso, vamos poder, por exemplo, remunerar os nossos leads pela abertura de emails.”

Vamos de speaker internacional? Chegou a vez do Dan Fleyshman, o fundador mais jovem de uma empresa de capital aberto da história. Ele veio dos Estados Unidos para falar sobre a construção de uma marca pessoal forte.

E, com sua palestra, aprendemos que todos temos uma marca pessoal, querendo ou não. Para essa marca ser forte e transmitir autoridade, é preciso perder o medo de mídias sociais, produzir conteúdos autênticos e compartilháveis.

Para falar sobre gestão financeira de negócios, reunimos Samy Dana, Denise Damiani e João Victor em um painel! Aqui estão os destaques desta conversa:

  • É preciso entender que a gestão financeira é composta por duas partes. Uma, mais operacional, como o controle de caixa, e outra mais analítica. É nesta parte que se entendem os riscos, oportunidades e obstáculos do negócio.
  • Definir metas e objetivos é fundamental para fazer uma boa gestão financeira. Quebre o objetivo em pequenos objetivos, de modo que se tornem mais tangíveis. Assim, é mais fácil alcançar pequenas conquistas e tornar-se mais motivado.
  • Educação financeira é um conhecimento básico que todo empreendedor precisa para criar um negócio capaz de sobreviver ao desafio do tempo.

Pode entrar, Pedro Sobral! O especialista em anúncios online veio falar com a gente sobre sua trajetória no mercado digital e dar dicas para criar produtos capazes de faturar 8 dígitos.

A chave, segundo ele, é investir na recorrência, ou seja, vender de novo para quem já é cliente. E para fazer isso, é essencial não apenas ter um bom produto, mas caprichar na comunicação, de modo a mostrar para a audiência o valor recorrente da oferta.

Pedro Sobral no FIRE FESTIVAL

Anoiteceu e o Palco I segue com conteúdo de qualidade

Um papo sobre marketing de influência para ninguém colocar defeito! Convidamos o Alex Monteiro, da Non Stop, o Carlos Scappini, da Mynd8 e o Flávio Santos, da mfield, para debater sobre o poder transformador do Marketing de Influência em mais um painel.

Flávio Santos da MField destaca que “todo mundo quer cocriar, mas nem todos estão dispostos a ouvir e a se doar”. Segundo ele, a marca precisa aprender a ouvir e o influenciador precisa aprender a se doar nessa dinâmica também.

E para influenciadores que querem virar marcas, Alex sugere ser multiplataforma. Segundo ele, a ideia não é estar em muitas plataformas pensando apenas na receita, mas na possibilidade de manter contato com a audiência.

Por fim, os convidados falaram um pouco sobre a construção de influência. Alex concluiu o debate reforçando que influência não é sobre “vender tudo, mas vender aquilo que faz sentido e que você acredita”.

Tiago Leifert e Marcos Cabrera se reuniram em um painel sobre a descentralização da audiência! Um assunto mais do que necessário para qualquer creator. Por isso, separamos para você alguns dos principais pontos deste momento tão importante do segundo dia de FIRE FESTIVAL:

  • A construção da audiência vem do conteúdo que engaja as pessoas;
  • É importante analisar qual tipo de conteúdo o público deseja, como e em que lugar;
  • Nunca deixe de testar conteúdos em diferentes formatos e linguagens para conhecer o que funciona com o seu público.

Para fechar o palco, Wendell Carvalho ensina como destravar a sua evolução no digital e aproveitar todo o potencial de crescimento de um negócio.

Wendell abriu sua palestra no FIRE FESTIVAL relembrando sua história como empreendedor e algumas de suas maiores conquistas. Segundo ele, a conquista dos seus objetivos só aconteceu depois que ele se libertou de crenças limitantes.

“O seu negócio é do tamanho das suas crenças. CPF pequeno não consegue criar CNPJ grande”, explicou.

Entre os passos para destravar o crescimento no digital listados por Wendell estão dar o máximo de si, acreditar merecer o melhor, degustar experiências do próximo patamar que deseja alcançar e o que ele chama de devolver para o mundo, ou seja, encontrar uma causa para ajudar.

Palco Relationship no segundo dia de FIRE FESTIVAL

Este é o palco em que os grandes nomes do mercado compartilham seus pensamentos para que centenas de pessoas se inspirem e se tornem melhores empreendedores digitais. Você confere o que rolou por lá no primeiro dia clicando aqui e, no segundo dia, seguindo com a leitura:

Dia 2 de FIRE FESTIVAL, Palco R – Parte 1

No palco R, o dia começou com Pablo García Barrilero, diretor de vendas B2C na The Power Business School. O espanhol deu uma aula sobre como internacionalizar um negócio, da qual aprendemos que, o mais importante é adaptar o produto, linguagem e estratégias, de acordo com o público local de cada país.

“O que funciona na Espanha pode não funcionar na França. O que um francês gosta e o que um espanhol gosta? É necessário encontrar a estratégia adequada para cada mercado”, ensinou Pablo.

E vamos de painel: “Todos os nichos têm oportunidades. Como enxergar as possibilidades?”. O tema reuniu Thiago Bernardes, Miguel Cavalcanti, Leandro Rosadas e Renato Goes. Foi uma conversa que rendeu demais e certamente vai te ajudar a tirar alguns projetos do papel.

Aqui estão alguns destaques deste painel:

  • Micro-nichos são o futuro dos negócios digitais. Quanto mais segmentado, menor a competição e maiores as chances de se transformar em uma autoridade nesse assunto;
  • Trabalhar com micro-nichos não exclui a necessidade de estudo e dedicação. É preciso estudar e se qualificar para falar com propriedade sobre o tema;
  • A produção de conteúdos relevantes é a chave para encontrar novos clientes em um nicho super segmentado.

Painel "Todos os nichos têm oportunidades" no FIRE FESTIVAL

Então Valeska Bruzzi, especialista em marketing de conteúdo, subiu ao palco para compartilhar dicas imperdíveis para o sucesso do seu negócio online usando o Instagram Stories.

Chamando a audiência para enviar reações, opiniões e depoimentos, Valeska percebeu que isso aumentava não apenas o engajamento de suas redes, mas fortalecia o senso de comunidade da audiência.

“Podemos utilizar as redes sociais para deixar as pessoas viciadas no nosso conteúdo. E é com essa estratégia que as vendas decolam!”, explicou.

Ainda não sabe como fazer um lançamento perpétuo? Pois o especialista no tema chegou: Micha Menezes! Em sua palestra no FIRE FESTIVAL 2022, ele compartilhou conhecimentos que podem fazer toda a diferença para o sucesso do seu negócio.

O especialista conversou com o público sobre como escalar vendas no modelo perpétuo. Micha compartilhou as melhores táticas para otimizar a estrutura de um negócio digital e aumentar as vendas sem precisar investir muito.

Entre as melhores táticas para escalar um negócio recorrente, segundo ele, estão o remarketing, estruturar estratégias pensadas para uma única persona e testar criativos para anúncios até encontrar os melhores modelos.

Micha Menezes no FIRE FESTIVAL

Alan Koerbel foi o seguinte, e o CEO e cofundador da eKyte falou sobre a gestão de marketing digital de alta performance. Segundo ele, uma boa gestão de marketing digital passa pela análise estratégica da produtividade do time de modo a fazer com que cada profissional consiga fazer entregas cada vez melhores e mais eficientes.

Marianne Fazzi, CEO da Amor em Nutrir, trouxe para o Palco R dicas valiosas para quem quer aumentar a retenção dos alunos dos seus cursos online.

Analisando anos de resultados de seus milhares de alunos, Fazzi percebeu que a melhor maneira de fazer com que o público consuma todo o conteúdo de um curso até o fim é entregar um conteúdo alinhado com a promessa feita ao comprador. A promessa precisa ser cumprida.

Além disso, ela explica que é importante trabalhar o acolhimento do aluno, com conteúdos que respondam às suas dúvidas e transmitam mais segurança.

Marianne Fazzi no FIRE FESTIVAL

E para que as suas vendas escalem mais ainda, muitas vezes a solução é vender em diferentes mercados. Por isso, Vilma Núñez, CEO do Grupo Convierte Más, trouxe ao palco R um conteúdo sobre como vender todos os dias para pessoas em outros países!

Além de apresentar um pouco da sua trajetória e as estratégias que usou para escalar vendas, Núñez destacou a importância de escutar o público e comunicar de maneira clara qual a transformação que o seu produto oferece.

Dia 2 de FIRE FESTIVAL, Palco R – Parte 2

Mais um especialista em marketing digital no palco: Victor Damásio. Ele ensinou como fazer o cliente caminhar na sua esteira de produtos e trazer recorrência para o seu negócio digital.

Uma esteira de produtos, segundo Damásio, permite não só lucrar mais, mas oferecer aos clientes uma jornada de transformações.

Para criar uma esteira de produtos bem estruturada, é muito importante pensar nela como uma jornada de transformação, em que cada produto oferece uma solução diferente para o cliente.

“Vender não é sobre o dinheiro a mais que você vai fazer, mas sobre a transformação que você oferece para a outra pessoa”, explicou Damásio.

VIctor Damásio no FIRE FESTIVAL

Lembra que este palco é sobre a vivência dos grandes nomes do mercado? A Priscila Zillo atendeu às expectativas trazendo os bastidores do digital, em uma palestra com dicas imperdíveis para quem quer fazer lançamentos de sucesso.

Com mais de 300 lançamentos, Priscila compartilhou suas experiências com o público do Palco R e ensinou como fugir das fórmulas prontas e fazer lançamentos que realmente vendem.

E o maior segredo para isso, segundo ela, é a profissionalização. Como o marketing e o mercado digital estão em constante evolução, sai na frente quem consegue se manter sempre atualizado nas tendências e novas tecnologias.

“Não adianta achar que, replicando as técnicas que deram certo no passado, você terá os mesmos resultados agora”, apontou Priscila Zillo.

Depois foi a vez da Gabi Salles, estrategista de lançamentos digitais, subir ao palco. Ela falou sobre o Case Whindersson, do teste à escala. Para o público que acompanhou a sua palestra, Gabi compartilhou um pouco do que aprendeu atuando com grandes nomes do mercado.

Ao longo da trajetória no mercado digital, Gabi entendeu que era preciso testar técnicas até encontrar as estratégias que trazem melhores resultados. Para ela, quanto mais cedo os testes começarem, mais fácil será corrigir os rumos da estratégia e alcançar os resultados esperados.

“Faça rápido e erre rápido para corrigir rápido”, finalizou.

Gabi Salles no FIRE FESTIVAL

Martin Luther, da Biti9, se juntou a nós no palco R para falar sobre o poder da tecnologia e das automações na otimização de processos e redução de tarefas repetitivas.

Mais uma mulher poderosíssima veio para compartilhar conhecimento com a gente: Barbara Bruna! A especialista em tráfego pago ensinou como internacionalizar seu negócio, a partir da sua vivência fazendo lançamentos e comprando leads em outros países.

Barbara compartilhou com o público algumas de suas experiências com o mercado de tráfego pago e lançamentos fora do Brasil. Como ensinamento, ela explicou que a internacionalização pode ser assustadora, mas não é um bicho de sete cabeças.

“Internacionalizar dá mais medo do que trabalho. E quanto antes você começar, melhor”, pontuou a especialista.

Barbara Bruna no FIRE FESTIVAL

Então foi a vez do Pedro Quintanilha, especialista em recorrência, falar sobre os resultados que você espera! Com uma palestra sobre vendas recorrentes, ele apresentou para o público do FIRE FESTIVAL as estratégias necessárias para entrar no mundo da recorrência.

Quintanilha destacou que o foco deve ser sempre na transformação contínua do público, e não apenas na geração de receita automática e recorrente.

“Eu acredito que viver de recorrência é pensar dentro de uma mentalidade na qual eu possa servir e continuar servindo o meu cliente, em que ele cresça comigo”, explicou Pedro Quintanilha.

Parte 3 do palco R no FIRE FESTIVAL 22

E tem mais painel para crescer o seu negócio. Agora foi a vez de Enrique Jurado, Marc Singer e Antonio Fernández falarem sobre como vender sem marca pessoal.

Ao longo da palestra, o público aprendeu que o empreendedor precisa ter consciência dos seus valores, objetivos e missão para construir uma marca corporativa forte.

Mais um nome internacional: Jen Gottlieb. A empreendedora e atriz veio para falar sobre como ser reconhecida como especialista na indústria e deixar o seu legado.

Ela resumiu tudo em três frentes: Credibilidade, Influência e Autoridade. Jen explicou para o público do Palco R que, para conquistar essas 3 características, é preciso perder o medo de produzir conteúdo e pensar na transformação que se pode causar na audiência.

“Em vez de se preocupar consigo mesmo ou com sua aparência, comece a pensar nas pessoas que você pode ajudar”, finalizou Jen.

 Jen Gottlieb no FIRE FESTIVAL

E o Christophe Trevisani, CEO da e-Notas, também subiu ao palco e falou sobre Precificação. A mensagem principal foi “não tenha medo de reajustar o preço de um produto caso a solução ofereça valor”.

No entanto, ele ressaltou que não é só sair aumentando o preço de qualquer jeito. O ideal é fazer testes. Afinal, cada negócio tem um público, uma realidade diferente.

“A grande empresa é a micro empresa que ainda não desistiu”, concluiu.

Depois chegou a vez de outro nome internacional, o Adam Lyons, fundador da The S.M.A.R.T Blueprint, que já ajudou mais de 1.900 pequenos empresários. Em seu espaço no palco R, ele compartilhou com o público algumas táticas para escalar vendas no digital.

Para Adam, o segredo está em escolher um nicho bastante segmentado, no qual a concorrência é menor, para criar autoridade. Além disso, é muito importante trabalhar para fidelizar clientes e mantê-los por mais tempo consumindo as soluções da marca.

Já ouviu falar em “short funnel”? O Mike Munzvil trouxe esse tema para o palco R. 

São 10 segredos para construir um negócio de 8 dígitos e os 4 segredos que você precisa saber são esses:

  • 1º segredo: Se você ajudar as pessoas a obter resultados, elas se tornarão muito mais do que seguidoras, mas aliadas do seu negócio.
  • 2º segredo: Domine uma estratégia de vendas antes de experimentar outras: “Uma única estratégia de marketing e um único produto podem gerar milhões”.
  • 3º segredo: Você deve aprender a transformar cada problema em uma nova oportunidade. 
  • 4º segredo: “Não se trata de construir uma audiência, mas sim de construir uma tribo”. A única forma de transformar essa audiência em tribo é com resultados. As pessoas buscam uma transformação em suas vidas e para isso é preciso mais do que vídeo ou conteúdo.

Chegou a hora de encerrar e para fechar o segundo dia de FIRE FESTIVAL com chave de ouro, Carol Costa! Ela trouxe um conteúdo riquíssimo com três estratégias para tornar aulas, lives e lançamentos mais interessantes para a sua audiência. 

  1. Parta do conhecido para o desconhecido. Traga as partes chatas de um produto de um jeito que as pessoas entendam!
  2. Traga o outro lado. Toda história tem mais de um lado e isso é importante para o conteúdo do seu curso online!
  3. Mostre em vez de falar – técnica usada no cinema, em séries, além do jornalismo, é importante no aprendizado!

Palco E também estava a todo vapor

O palco Entrepreneurship traz conteúdo dos professores do Hotmart Camp e de algumas agências parceiras. Portanto, alguns assuntos se repetem de um dia para o outro para garantir que os participantes consigam acompanhar as aulas. Então, os conteúdos que já tivemos no dia 1, você acessa aqui, ok?

A manhã no palco Entrepreneurship

A primeira aula do dia foi com a Daniela Bianchin. Ela ensinou tudo que você precisa saber antes de criar um produto digital hoje em dia. Essa palestra rolou no primeiro dia também. Mas, em resumo, ela destacou que quanto mais especificidade você tiver na sua promessa e no seu conteúdo, mais fácil ele se conectar com uma audiência de forma profunda.

Então, o Rafa Leite, da 4 Multiplus, assumiu o palco para falar sobre Programa de Afiliados! Ele trouxe dicas comprovadas para fazer mais de sete dígitos como afiliado. 

E um dos pontos mais importantes é que, para cada influenciador que você contratar, é importante criar uma história específica do lançamento para o público deste influenciador.

Um fator decisivo para quem quer ter sucesso no mercado digital é uma boa página de vendas. Você pode ter um modelo de negócios vendedor, o melhor produto, uma persona bem definida e um funil de vendas impecável: se a página de vendas não for de alta conversão você pode colocar tudo a perder.

Rafa Leite no FIRE FESTIVAL

Por isso, a Lorena Moreira ensinou o passo a passo para construir uma página de vendas que gere muitas conversões. E entre os pontos fundamentais para diminuir distrações na página e aumentar as conversões que ela destacou, estão:

  • As fontes não podem ser muito diferentes entre si;
  • Não transforme sua página num arco-íris;
  • Use imagens sempre com propósito;
  • O fundo não pode disputar atenção com o que está escrito;
  • Criar uma hierarquia de informação e uma ordem lógica para o conteúdo aparecer.

Agora, se está com o produto pronto e só aguardando uma boa estratégia de lançamento, o Ramón Mogollón retorna ao palco para descomplicar esta etapa e dar o passo a passo para você vender seu produto!

Ramón conseguiu transformar um conteúdo super denso em uma conversa gostosa com o público. “Todo lançamento é uma história e, para isso, você precisa contar uma história clara, simples e que engaje”, explicou.

Com um case de sucesso, o Mac Carvalho, da Agência Power, traz uma palestra com o título: “Do zero aos 200k seguidores e lançamentos de 7D em 18 meses: case de crescimento de audiência em faturamento do Dr. Jorge Rodrigues”. 

“Geramos em volta do expert uma construção fortíssima de audiência, de autoridade, que a gente chama de canhão de audiência”.

Mac Carvalho no FIRE FESTIVAL

Palco Entrepreneurship: o que rolou à tarde do segundo dia

Para falar de redes sociais, a Ana Clara Gregory retorna ao palco com as dicas para uma estratégia de conteúdo para Instagram completa! E o que você tem que saber desde já é que repetição gera autoridade!

O Ricardo Gutierrez veio na sequência, em nome da TAS Digital Solution.

Voltando ao conteúdo do Camp, Carol Picoli ensinou o que todo empreendedor precisa saber sobre Precificação de Produto no palco E.

E para falar de anúncios, o especialista em tráfego da Hotmart, Matheus Tavares, ensina mais uma vez como anunciar no TikTok gastando pouco! E para você iniciar essa estratégia, aqui estão as principais dicas:

  • Centralize o conteúdo dos vídeos, tudo na vertical, com muitos cortes e vídeos curtos
  • Conte uma história: Construa um roteiro com início, meio e fim e pense bem nos 5 primeiros segundos;
  • Se tem texto, complemente com voz. Facilita a absorção da mensagem e dá mais resultados;
  • Não precisa ter dancinha, mas músicas animadas e aceleradas tendem a ter mais retenção;
  • Não crie Ads, crie TikToks. Não precisa criar anúncios com formato diferente do que já existe na plataforma, mas sim o que já funciona pra plataforma como um todo!

Palco Fun a todo vapor no segundo dia de FIRE FESTIVAL

Para fechar o dia com muita alegria e descontração, o palco F recebeu a DJ Raquel Feu e os participantes puderam curtir o som em um espaço aberto, com tobogã e food park. Confira aqui uma playlist da DJ para se sentir no clima do segundo dia de FIRE FESTIVAL.

Amanhã tem mais!

O terceiro e último dia de FIRE FESTIVAL já está aí! Volte aqui ao blog para conferir os principais destaques e siga o FIRE FESTIVAL nas redes sociais para acompanhar em tempo real.