Início / Blog / O que é linha editorial e como criar uma para o seu negócio
Fechar

O que é linha editorial e como criar uma para o seu negócio

Entenda tudo sobre o conceito de linha editorial e saiba como usá-la para alavancar as estratégias de marketing da sua empresa!

Linha editorial

Quando falamos na produção de conteúdo de forma profissional e efetiva, a linha editorial é um conceito fundamental, que está sempre presente nas grandes marcas.

Toda criação de conteúdo precisa de uma linha editorial, que é uma espécie de “norte” a ser seguido. Sem uma pré-definição de temas e objetivos, você pode acabar produzindo muito conteúdo sem finalidade, se perdendo em excessos.

No marketing de conteúdo, a qualidade e o direcionamento das produções vale mais do que a quantidade. Por isso, trabalhar com o conceito de linha editorial pode te ajudar a ter uma criação mais efetiva e direcionada.

Neste artigo, vamos explicar o que é linha editorial e te ajudar a criar uma para o seu negócio. Confira!

Post index MenuÍndice
O que é linha editorial? Por que é importante ter uma linha editorial? Qual a diferença entre linha editorial, calendário editorial e tom de voz? Como criar uma linha editorial para os conteúdos do seu negócio? Preparado para criar a linha editorial do seu negócio?
Voltar ao Índice

O que é linha editorial?

De maneira resumida, podemos dizer que a linha editorial é a definição de todas as temáticas que serão abordadas por um canal de conteúdo, seja ele um blog, uma rede social ou qualquer outro veículo.

Esse conceito existe há muito tempo na comunicação. No jornalismo, todo veículo possui uma linha editorial bem definida, que engloba não só os temas que serão abordados pelo jornal, mas também seus valores e visão de mundo.

Quando levamos essa ideia para o marketing digital, ela toma uma forma bem similar. O objetivo aqui é tornar o seu conteúdo mais direcionado e segmentado, para usar os esforços de comunicação para atingir as pessoas certas.

Assim, você não perde tempo fazendo conteúdo para leads que não vão prosperar, criando apenas para aqueles que são de fato clientes em potencial, que acreditam no conteúdo da sua marca.

Por que é importante ter uma linha editorial?

A linha editorial é essencial em diversos aspectos, como a segmentação de leads e a própria definição de identidade de uma marca.

Podemos abordar essa importância com um exemplo. Imagine um blog com conteúdos relacionados à pescaria. Se essa marca, do dia para a noite, passa a abordar temáticas sem qualquer relação, como o mercado financeiro, ela é vista como uma empresa sem foco.

Mais do que isso, a marca passa a não ser vista como autoridade em assunto nenhum, já que ela apenas produz conteúdo sobre assuntos que estão em alta, sem qualquer afinidade com os temas.

Isso não só deixa a marca sem identidade, mas faz com que ela perca credibilidade na perspectiva dos leads.

Por isso a linha editorial é importante. Ela define quais serão os temas abordados pela marca, estabelecendo critérios reais, como conhecimento de mercado e objetivos do negócio. Assim, você evita que o conteúdo da sua marca se torne superficial.

Qual a diferença entre linha editorial, calendário editorial e tom de voz?

Agora que você já sabe o que é linha editorial, vamos abordar outros conceitos similares, que muitas vezes são confundidos, seja pela terminologia ou pela ideia em si. 

Quando estamos criando uma linha editorial para uma marca, precisamos falar também em calendário editorial e tom de voz. Apesar de diferentes, esses conceitos são complementares. Eles ajudam a sua marca a ser cada vez mais original e efetiva.

Conheça cada um deles!

  • Linha editorial: como abordamos acima, se trata do conjunto de temas e assuntos que a sua marca pode falar, com base em nicho de mercado, personas, entre outros fatores;
  • Calendário editorial: é uma lista de todas as datas essenciais para a sua marca. Pode incluir tanto datas comerciais do seu mercado, como também datas comemorativas específicas;
  • Tom de voz: é a definição de linguagem da sua marca, um guia de como ela deve se comunicar com as personas em diferentes situações.

Portanto, os três conceitos se complementam e são muito importantes para a construção de uma marca com identidade real. 

Todos devem estar presentes na sua comunicação, sendo criados em conjunto com a linha editorial. Em muitos casos, eles são incluídos em um único material, conhecido como manual de marca.

Como criar uma linha editorial para os conteúdos do seu negócio?

Já abordamos a linha editorial e seus conceitos complementares. Agora, é hora de partirmos para a prática!

Criar uma linha editorial é uma tarefa bem interessante, que envolve muito estudo da sua marca e do mercado em que ela está inserida. 

Quando esse processo é bem feito, o resultado final é recompensador. A produção de conteúdo flui melhor e a marca ganha uma identidade única, se diferenciando das concorrentes.

Para te ajudar a chegar lá, separamos 7 dicas essenciais para a criação de uma linha editorial. Vamos lá!

1. Entenda os serviços que o seu negócio oferece

Para vender produtos e serviços, você precisa não só saber como eles funcionam, mas também saber quais são seus pontos fortes e fracos, o que pode ser melhorado e o que precisa ser exaltado.

Esse é o primeiro ponto para definir uma linha editorial. Você precisa conhecer tudo o que a sua marca oferece de forma profunda, entendendo também os produtos similares da concorrência.

Assim, você consegue criar conteúdos que falam com propriedade do que está sendo oferecido, ganhando reconhecimento de marca.

2. Defina um nicho bem segmentado

Outro ponto importante é a definição de um nicho de mercado segmentado. Lembra do nosso exemplo sobre a marca especializada em pescaria? A ideia aqui é justamente essa: definir qual o mercado que a sua empresa vai explorar.

Quando falamos para um nicho específico, que conhecemos profundamente, conseguimos resultados melhores. Falar “para todo mundo” é algo arriscado, que gasta muitos recursos e não gera tantos resultados.

Portanto, segmente o seu público por meio de pesquisas e também realizando uma filtragem por meio da própria produção de conteúdo. Selecione os temas que interessam ao seu nicho e produza conteúdo apenas dentro dessas diretrizes.

VIDEO: 5 passos para escolher o seu NICHO DE MERCADO – Hotmart Tips #27

262

3. Crie as personas do seu negócio

Toda marca precisa de personas bem definidas.

A persona nada mais é do que a personificação do seu cliente (ou mais de um) ideal. É fundamental que ela tenha nome, idade, profissão, desejos e dores, sendo a mais real e específica possível.

Quando produzimos conteúdo para personas, em vez da visão generalista de público-alvo, conseguimos explorar os gatilhos mentais com mais facilidade, já que estamos focando em dores e desejos específicos.

Esse trabalho facilita até a criação de ações de mídia paga, já que você tem uma segmentação bem estruturada, com características definidas.

VIDEO: Como CRIAR UMA PERSONA para o seu negócio? – Hotmart Tips #21

4. Analise o mercado em que você atua

A pesquisa de mercado é outro ponto fundamental da criação de uma linha editorial.

Para essa etapa, você pode usar diversos elementos e técnicas, que vão desde uma pesquisa simples dos concorrentes no Google, até a execução de pesquisas com entrevistas e análise SWOT, para identificar as forças e fraquezas de cada marca.

Entender não só seus concorrentes, mas também as oportunidades e dificuldades do seu mercado, vai te ajudar a produzir conteúdos mais objetivos, com foco na resolução dos problemas dos seus leads.

5. Liste as maiores dúvidas do seu público

O seu conteúdo deve estar sempre voltado para os interesses do usuário. Portanto, listar as principais dúvidas do seu público é uma etapa fundamental da definição de uma linha editorial.

Esse trabalho pode ser feito de diversas formas. Você pode analisar comentários e mensagens nas redes sociais, publicações no Reclame Aqui, buscas no Google e entrevistas com clientes.

A ideia aqui é identificar quais são os principais pontos que o seu conteúdo deve abordar para ser útil para o cliente, facilitando também na definição de palavras-chave para SEO.

6. Defina categorias de assuntos

Quando definimos uma linha editorial, podemos criar uma lista de assuntos separada por categorias. Isso ajuda não só a tornar a criação de conteúdo mais objetiva, mas também mostra qual é a quantidade de temas que podem ser explorados.

Vamos dar um exemplo. Se a sua marca tem um canal no YouTube focado em medicina, você pode definir diversas categorias que abordam leques de temas distintos, como: saúde preventiva, tratamentos, exames, cirurgias, e até mesmo conteúdo para um público médico.

Com categorias bem definidas, você consegue definir temas com mais facilidade, independentemente do formato de conteúdo.

7. Crie os conteúdos!

Por fim, se você já seguiu todos os 6 passos anteriores, só resta uma coisa: criar o conteúdo!

É hora de colocar a mão na massa, analisar as personas e os temas definidos e criar um planejamento de produção para site, redes sociais e todos os outros canais.

Lembre-se sempre de criar conteúdos originais, com foco na resolução dos problemas da sua persona, seguindo a estratégia de marketing pré-estabelecida.

VIDEO: Como produzir conteúdo para tráfego orgânico? | Hotmart

Preparado para criar a linha editorial do seu negócio?

A linha editorial é essencial para a criação de conteúdo de qualquer marca. Sem ela, nos perdemos na produção de materiais que não são úteis para o nosso nicho de mercado e objetivos.

Portanto, fazer todas as etapas da criação da linha editorial, como definição de nicho, pesquisa de mercado e avaliação de personas, vai te ajudar a criar conteúdo de forma orgânica e eficiente.

Quer saber mais sobre estratégias de marketing digital? Então leia o nosso post sobre gestão de conteúdo!