Início / Blog / 8 dicas para criar produtos digitais matadores
Fechar

8 dicas para criar produtos digitais matadores

Enquanto você lê este texto, milhares de pessoas estão se capacitando, investindo tempo e trabalhando para criar, lançar ou melhorar seus produtos digitais.

Para ajudar você a começar, compilamos as oito dicas que separam os vencedores dos perdedores.

Todos os grandes cases de produtos digitais seguiram  e continuam seguindo estas dicas diariamente.

Logo, se você for por este caminho, suas chances de acertar e gerar lucros com seus produtos digitais aumentarão muito. Confira e não deixe de compartilhar as suas próprias dicas e aprendizados nos comentários!

Escolha um nicho, sempre

Antes de criar qualquer produto, certifique-se que você está trabalhando uma audiência específica. Nunca tente fazer um produto que venda para todos. É muito mais importante encontrar canais de distribuição e promover as vendas do seu produto, oferecendo um conhecimento específico, do que oferecer algo genérico, sem personalidade definida. Imagine que você vá produzir um e-book sobre vendas e considera 2 opções:

a. Como vender mais e melhor
b. As melhores dicas de vendas para o corretor de imóveis.

Apesar de o primeiro produto ter um mercado potencial maior, este é um produto cuja audiência é muito mais difícil de ser atingida, pois este mercado é extremamente competitivo e dominado pelas grandes editoras e pelos livros tradicionais de vendas.

Já no segundo caso, pela especificidade do assunto e a clareza do nicho, fica fácil identificar potenciais afiliados e produzir conteúdos sobre os interesses da sua audiência.

Resumindo, é muito mais fácil atuar em um nicho específico, do que em um mercado genérico, competindo com empresas estabelecidas do setor. A internet permite que você se especialize ao máximo e, ainda assim, encontre oportunidades interessantes de negócios.

Descubra a “dor”, o problema que seu cliente quer resolver

Certifique-se que seu potencial cliente tenha uma “dor” imediata e que ele esteja disposto a pagar para resolvê-la. Quanto maior a “dor”, maior a propensão dele a pagar preços maiores pelo seu produto. Dois exemplos fictícios: seu cliente tem problemas com o SERASA/SPC e dificuldade de achar informações na internet sobre como resolvê-los.

Neste caso, um guia passo a passo sobre como resolver este problema, com certeza, gerará vendas para pessoas que estão passando por essa situação e querem resolvê-la o quanto antes.

Se seu cliente potencial quer aprender uma profissão para sair do desemprego, por que não preparar uma série de vídeos e capacitá-lo, para que ele possa trabalhar de casa e ganhar dinheiro?

Dê um gostinho do seu produto digital

Sim, oferecer um pedaço de informação gratuita é uma ótima maneira de gerar vendas. Pode ser um artigo que ofereça uma dica introdutória, o primeiro capítulo do seu e-book, um webinar sobre o assunto, ou uma newsletter. Ao oferecer uma prévia, você induz a pessoa a querer mais e a deixa mais propensa a comprar seu produto.

Crie e mantenha uma comunidade

Suponhamos que você tenha um produto digital focado no mercado de corretores de imóveis. A melhor maneira de garantir seus lucros e aumentá-los ao longo do tempo é criando uma comunidade de dicas imobiliárias e assuntos que interessam a este público, com artigos, perguntas e respostas e, até mesmo, algumas demonstrações gratuitas do seu produto.

Ter um espaço na web onde as pessoas vêm em busca de informação, interagem umas com as outras e recebem uma amostra do seu produto é essencial. Sua comunidade pode ser um blog, um fórum, ou uma comunidade nas redes sociais, o importante é manter seu público alvo entretido e fidelizado.

Colete e-mails dos seus prospectos, sempre

Sim, agora que você já é capaz de dar um gostinho do seu produto e já tem uma comunidade para reunir seus potenciais clientes, é hora de pedir algo em troca. Que tal oferecer uma video aula, em troca do e-mail do seu cliente? Ou, que tal oferecer uma newsletter mensal sobre seu nicho? Uma vez que você consegue o contato do seu potencial cliente, fica bem mais fácil se aproximar e fechar a venda.

Utilize sua lista de e-mails com sabedoria

Não faça spam, sempre ofereça conteúdo relevante e permita que os usuários cancelem sua assinatura a qualquer momento. Uma boa lista é um dos maiores ativos que um empreendedor digital pode ter. Saiba trabalhar a sua e a use com responsabilidade. Nas próximas semanas, falaremos um pouco mais sobre como trabalhar sua lista de e-mails, fique ligado.

Mantenha um alto nível de satisfação

Garanta a qualidade do seu produto e ofereça reembolsos para clientes insatisfeitos. Tudo que você não precisa é de clientes insatisfeitos espalhando uma má reputação sobre seu produto. Um cliente satisfeito, pode nem sempre vender para outros clientes, mas um cliente insatisfeito com certeza vai atrapalhar bastante suas vendas!

Mantenha seu produto sempre atualizado

Atualmente, tudo muda muito rápido. Se seu produto corre o risco de ficar desatualizado, invista em melhorar e atualizar o conteúdo sempre que possível. Mesmo que seu plano seja lançar novas versões do material, sempre garanta que as informações que ele possui estejam corretas e de acordo as expectativas do cliente de hoje. Um produto de alta qualidade oferece conteúdo de ponta, sempre atualizado, para seus compradores.

 

 

O grande segredo para se criar um produto digital de sucesso é garantir que a informação que ele contém sempre tenha um valor percebido pelo cliente maior do que o preço que ele pagou. Seguindo as dicas acima, você garante que seu produto esteja no caminho certo e com potencial de se tornar um blockbuster das interwebs!

Bons negócios!