Escrita criativa: o que é e as técnicas para desenvolvê-la!

Marketing Digital

Escrita criativa: o que é e as técnicas para desenvolvê-la!

Apesar de alguns elementos serem impossíveis de serem modificados, a escrita criativa pode ser desenvolvida a partir de uma série de técnicas e boas práticas que contribuem para o desenvolvimento das suas produções textuais.

Guest

13/10/2022 | Por Guest

A escrita criativa — ao contrário do que muita gente imagina — é uma habilidade que pode ser desenvolvida e colocada em prática por qualquer pessoa, desde que leve em conta os bons hábitos, treinamento da técnica e um pouco de capricho.

Com tanto conteúdo disponível na internet, oferecer algo diferenciado é a melhor forma de prender a atenção do seu leitor e conquistar a presença fiel dele nas suas publicações futuras.

Quer saber como isso pode ser feito e como desenvolver esse tipo de escrita? Então, você não pode deixar de conferir este post!

Banner versão desktop

O que é a escrita criativa?

A escrita criativa consiste na capacidade de elaborar um texto interessante. Além de ajudar a fugir do óbvio, também segura a atenção do leitor até o fim e ainda o deixa satisfeito com os minutos gastos na leitura.

Isso é sinônimo de fugir de formas engessadas e apostar em analogias, nas figuras de linguagem e em uma história cativante (no Storytelling, por exemplo).

Desenvolver essa habilidade é de suma importância para qualquer redator freelancer ou outro profissional que goste de trabalhar com textos.

Afinal, você quer atrair a atenção do seu público e manter a audiência regular — mesmo com tanto conteúdo disponível na rede —, certo?

Como ela pode ser desenvolvida?

Existe uma série de passos que podem ser considerados para desenvolver a escrita criativa. Vamos conhecê-los?

Crie um repertório

Você precisa ter um vasto repertório de conhecimento, percepções e histórias para compartilhar.

E como isso pode ser feito?

Por meio de muita leitura e troca de ideias com várias pessoas. Dessa forma, você consegue escrever com qualidade e agilidade — o verdadeiro significado de eficiência.

Esses termos e estratégias específicos já servem como um bom direcionamento para os seus próximos passos, ajudando a acelerar o ritmo produtivo.

Defina os objetivos do texto

Antes de mais nada, é preciso entender o que você quer alcançar com o texto.

Se é um conteúdo voltado para a motivação, por exemplo, você já sabe logo de cara que precisa adotar um tom otimista e incentivador, né?

Sendo assim, ter uma proposta bem definida é essencial para criar um conteúdo adequado e que, principalmente, conquiste o objetivo com o leitor — com menos previsibilidade, se for possível.

Estruture as ideias antes de começar a escrever

A criatividade também demanda um pouco de organização e disciplina, principalmente quando se trata de um texto.

Você dificilmente conseguirá colocar tudo no papel de forma lógica e agradável, quer dizer, sem antes pensar em como as informações ficarão dispostas.

Por isso, é importante fazer uma seleção dos principais pontos que você quer abordar e o que será falado em cada um deles; assim, você cria uma espécie de esqueleto para o artigo. A partir disso, fica muito mais fácil definir o início, o meio e o fim sem se perder no meio do caminho.

Vale lembrar que essa também é uma ótima estratégia para aumentar a sua produtividade, já que você passa a fazer mais, ganhando mais qualidade e levando menos tempo.

Não espere a inspiração chegar

Um dos maiores erros de quem escreve, principalmente de forma profissional, é esperar um insight aparecer do nada — quem nunca teve uma ótima ideia durante o banho? — em vez de começar.

Não se engane acreditando que pessoas criativas nasceram com um dom. A criatividade consiste, basicamente, em inspiração, concentração e, principalmente, motivação.

Portanto, não espere esse momento acontecer, vá atrás dele. Você pode conseguir isso por meio de:

  • brainstorm com pessoas diferentes;
  • prática de exercícios físicos;
  • muita leitura;
  • filmes e séries;
  • e qualquer outra atividade que tire você da sua zona de conforto.

Anote todas as ideias que aparecerem

Você não tem que esperar por inspiração para começar a escrita criativa, mas isso não quer dizer que os insights devem ser ignorados quando eles aparecerem.

Cultive o hábito de registrar as ideias legais que você tiver. Procure por vídeos, posts ou conversas — isso vai te inspirar quando você for criar novos textos.

Você pode anotá-las em uma agenda, em um bloco de notas ou num aplicativo. O importante é não deixar esses momentos passarem e esquecer a ideia do que pode ser um artigo sensacional.

Esforce-se para escrever diariamente

Sabia que a escrita criativa também está muito ligada à prática?

É como a necessidade de treinar bastante para se aprimorar como atleta. Portanto, se você quer melhorar suas habilidades, precisa praticar diariamente.

Você pode começar aos poucos e nem precisa ser em todos os textos que escrever, mas vale começar com explicações fáceis para questões mais técnicas. Depois disso, tentar se desenvolver até conseguir contar uma história — o famoso storytelling, tão importante para o marketing de conteúdo.

Quer saber como escrever no seu blog? A melhor forma de se fazer isso é buscar produzir o máximo de conteúdos possíveis ao longo do tempo. Isso vai ajudar a criar habilidades e refinamento dos seus conteúdos, além de gerar a repetição necessária para aperfeiçoar a sua escrita cada vez mais.

Sendo assim, escrever diariamente é um hábito que pode ser muito útil para escritores que desejam ser mais criativos.

Leia sobre os mais variados assuntos

Já falamos aqui sobre ler bastante, não é mesmo? Isso é essencial para ampliar seus conhecimentos sobre a língua portuguesa e o seu vocabulário.

Quanto mais diversificado for o seu repertório, melhor! Isso ajuda você a desenvolver vários pontos de vista e entender várias questões.

Mesmo que nem sempre seja possível ler tudo o que queremos (vai dizer que você não tem um livro aí na sua listinha de espera?), explore o seu tempo disponível nem que seja para ler textos curtos nas redes sociais.

Não chateie o leitor

Se você já fez pelo menos uma busca na internet sobre determinado assunto, deve ter reparado que alguns links não cumprem com a proposta do título, certo? E aí você também percebe que terminou a leitura com as mesmas dúvidas que tinha no início.

Lembre-se disso quando for escrever seus conteúdos: o texto deve estar de acordo com o enunciado, além de satisfazer a curiosidade ou resolver o problema do leitor. Portanto, foque sempre em ajudá-lo, não em chateá-lo — isso é essencial para conquistar e reter um público fiel.

Participe de um workshop

A melhor maneira de desenvolver qualquer habilidade é aprendendo. Por que seria diferente quando se fala em escrita criativa?

Com tantos profissionais trabalhando nessa área, atualmente existem vários programas, cursos e workshops que podem ser excelentes para você.

A ideia aqui é se reunir com outros profissionais que atuam na mesma área e, a partir disso, construir relações que te ajudem a entender melhor o que deve ser feito e como você pode se desenvolver para produzir textos mais potentes.

O workshop também é uma oportunidade excelente para dividir as suas dores e entender como outros profissionais têm soluções para esses problemas.

Muitas vezes, apenas um ajuste pontual nas suas produções que vai abrir uma série de caminhos para criar textos mais criativos.

Portanto, saiba que tudo isso passa diretamente por essa troca constante de experiências. Ou seja, quanto mais você considerar os desafios, as necessidades e as técnicas de outros profissionais, maiores são as chances de que a sua escrita criativa se desenvolva no caminho certo para ter bons resultados.

Leia constantemente

Um dos itens básicos para quem quer saber como escrever bem é a leitura constante. Esse é um elemento fundamental para quem quer ter um bom desempenho no longo prazo quando se pensa na produção de texto, especialmente aqueles que exigem toques mais criativos.

Sabemos que a rotina de trabalho acaba gerando alguns vícios de escrita, em que você praticamente segue uma ordem específica, utiliza os mesmos termos e as mesmas estratégias para construir os seus conteúdos. Por isso, com a leitura, você pode ampliar o seu leque de técnicas e vocabulários.

Ao perceber que um texto específico funciou, é natural que você busque sempre pelo mesmo caminho. Porém, a ideia aqui é justamente ter a inspiração de outras fontes para melhorar a entrega.

A leitura funciona, portanto, como uma forma de aprendizado. Afinal, esse elemento é importante para diversas áreas! E por que não ter essa mesma lógica quando se fala em produção de texto? Os estudos, as referências e os outros bons profissionais são fundamentais para isso.

Por fim, vale ressaltar: a leitura constante é primordial e produzir melhores textos. Quando o assunto é sobre criatividade, absorver variadas referências pode te ajudar a construir essas técnicas mais refinadas na comunicação, seja na forma escrita ou oral.

Edite textos com cuidado

Outra etapa fundamental para quem quer trabalhar a sua escrita criativa é editar os conteúdos com muita atenção e cautela. Isso significa analisar cada um dos detalhes ao máximo. É preciso identificar como você pode melhorar e transmitir as mensagens que deseja passar.

O fato é que cada palavra no seu texto tem um propósito. Sem isso, qual é a função dela ali? A escrita criativa pode ser mais lúdica, mas ela deve sempre transmitir alguma mensagem e isso deve ser refletido em cada um dos termos utilizados no seu texto.

Por ser o momento em que você dá uma respirada após a produção do conteúdo, a etapa de edição é essencial. Agora, com maior alívio, você pode se concentrar em aprimorar aquilo que já foi feito. Claro, com bastante atenção e dedicação.

E para tornar a edição ainda mais eficiente, uma dica é ter esse intervalo entre produção e edição.

Dessa forma, você terá mais recursos para garantir que a sua tomada de decisão seja mais direcionada, eliminando termos desnecessários e fazendo ajustes que geram mais relevância para o conteúdo.

O exercício de edição, portanto, deve ser feito com zelo, garantindo que você observe cada detalhe ao máximo. Ou seja, você não deve focar apenas em encontrar erros de digitação, por exemplo, e sim encontrar formas de tornar o seu conteúdo ainda mais relevante para o leitor que será impactado.

Remova palavras desnecessárias do texto

Como complemento ao item anterior, um exercício importante deve ser encontrar palavras desnecessárias e removê-las. E por que se preocupar com isso? Como falamos anteriormente, esse é um cuidado que vai tornar o seu material final ainda mais atrativo.

Afinal, na hora em que você está escrevendo, pode correr o risco de escrever seu conteúdo na pressa e de maneira quase que automática. Sendo assim, voltar ao texto após um pequeno período é a melhor forma de avaliar exatamente palavra por palavra. É assim que você poderá entregar um conteúdo realmente interessante.

A melhor estratégia para fazer isso é identificar no seu texto qual é a função exata de cada palavra escolhida. Como em uma obra, em que cada material tem a sua funcionalidade, o mesmo deve acontecer quando se fala em uma produção textual.

Todas as palavras precisam ter um propósito. Isso vai garantir que tudo seja relevante para o leitor. Saiba que ninguém quer ler textos longos e cansativos. Então, busque entender que cada palavra utilizada no artigo deve ter um propósito específico. Afinal, você quer aproveitar a atenção dele durante a leitura, certo?

Ou seja, mantenha uma linguagem empática, simples e objetiva. Além disso, como falamos ao longo do post, ela também precisa soar interessante para o leitor.

E aí, já vai se preparar para colocar essas dicas em prática e desenvolver a sua escrita criativa?

Em caso de dúvida, coloque o exercício da empatia como regra número 1 na hora de escrever. É necessário se colocar no lugar da persona e imaginar o que ela deseja ler.

Gostou deste post? Quer saber mais sobre a escrita criativa? Faça o download de templates prontos para ebook em PowerPoint!